Fechar

logo

Fechar

Coluna de Benedito Antonio Luciano: Luiz Gonzaga em Coremas

Benedito Antonio Luciano. Publicado em 24 de junho de 2019 às 7:42

Em meio às nossas conversas sobre assuntos relativos ao sertão paraibano, o colega Verneck Abrantes falou sobre a presença do cantor e compositor Luiz Gonzaga na cidade de Coremas – PB, em 29 de março de 1979, quando acompanhado do então Ministro do Interior, Mário Andreazza, fizeram uma visita ao Núcleo do Projeto Sertanejo naquela cidade.

Segundo Verneck, o Núcleo do Projeto Sertanejo de Coremas foi instalado no dia 15 de agosto de 1978, aproveitando as instalações do acampamento do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS, mediante convênio Minter/Sudene/DNOCS, no governo do Presidente Ernesto Geisel, tendo como objetivo atender às demandas dos agropecuaristas sertanejos.

Ainda de acordo com Verneck, a chegada do Ministro e de Luiz Gonzaga foi memorável, pois eles vieram de Recife – PE a bordo de um pequeno avião com hélices e o piloto conseguiu aterrissar no campo de pouso do DNOCS, depois de uma chuva de 120 mm que tinha ocorrido no dia anterior, alagando todo o município, deixando o referido campo de aviação em condições precárias.

Antes de aterrissar, o piloto teria dado várias voltas por cima da cidade de Coremas e das duas bacias hidrográficas dos açudes Estevam Marinho/Mãe D’ Água, vendo, do alto, a multidão no acampamento do DNOCS à espera da comitiva.

Depois de alguns voos rasantes sobre o campo de pouso, o piloto teria dito que as condições não pareciam boas, mas o ministro mandou que, mesmo assim, o piloto aterrissasse, o que foi feito com grande perícia e sucesso.

Do campo de pouso, o ministro e sua comitiva se dirigiram ao Núcleo do Projeto Sertanejo, onde foram recebidos por uma equipe de segurança, várias autoridades, muitos agricultores, jovens estudantes, senhoritas e senhoras, prefeitos regionais, deputados estaduais, vereadores, o juiz, o padre e o delegado, compondo a multidão curiosa.

E quando Luiz Gonzaga desceu do carro, muita gente correu para o seu encontro, ficando o ministro com poucas pessoas em torno dele, instante em que Mário Andreazza disse em tom de brincadeira: “Seu Luiz, a autoridade aqui sou eu”. Muitos riram e descontraído, Luiz Gonzaga fez brincadeiras com um e com outro, contou piada, atendeu pedidos para tirar fotografias, conversou sobre as chuvas e concedeu entrevista para um serviço de alto-falante (difusora) local.

Depois de cumpridos o cerimonial e as formalidades inerentes à visita do Ministro, Luiz Gonzaga pegou a sanfona, botou o chapéu de couro e cantou “A Volta da Asa Branca”. Em seguida, emendou com a música “Projeto Sertanejo”, sendo muito aplaudido.

Depois dos comes e bebes, ele entrou no carro junto com o Ministro com destino ao campo de aviação e, de lá, decolaram, sobrevoando a cidade por duas vezes, antes de seguirem com destino a Recife.

Recentemente, em conversa informal com o conterrâneo José Neudo de Sousa, um dos fundadores da Casa da Cultura de Coremas e autor da letra do Hino de Coremas, essa não teria sido a primeira visita de Luiz Gonzaga àquela cidade.

Sem precisar a data, ele relatou que, embora muito jovem, lembra de uma passagem do Rei do Baião por Coremas. Naquela oportunidade, devido à hospitalidade como fora acolhido, ele resolveu permanecer na cidade por vários dias.

Talvez venha daí a referência saudosa a Coremas e Mãe D’ Água na gravação da música “Sanfoninha choradeira”. Não exatamente na letra da canção, composta por Gonzaga e João Silva, mas sim nos floreios conclusivos feitos por Elba Ramalho e por Luiz Gonzaga.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Benedito Antonio Luciano
Benedito Antonio Luciano

Professor doutor, titular do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube