...

Campina Grande - PB

Codificados custam quase R$ 24 milhões aos cofres do Estado

20/05/2017 às 9:28

Fonte: Da Redação

Por Sindifisco-PB

Dados disponibilizados pelo Tribunal de Contas do Estado ao Sindifisco-PB revelam números alarmantes a respeito dos servidores codificados do Governo do Estado. Conforme o TCE, apenas na Secretária de Saúde, em novembro de 2015, os 8.587 servidores codificados custavam, naquele mês, aos cofres públicos quase R$ 24 milhões.

Os servidores estão distribuídos em 120 unidades desta Pasta, a maioria lotada em hospitais de vários municípios paraibanos. Os recordistas em contratações são o Hospital de Trauma de Campina Grande (740 codificados), Complexo de Pediatria Arlinda Marques, em João Pessoa (490 codificados), Hospital e Maternidade Santa Filomena, em Monteiro (478 codificados), Hospital Edson Ramalho, em João Pessoa (451 codificados), além do Hospital Regional Deputado Janduhy Carneiro (404 codificados) e Hospital Infantil Doutor Noaldo Leite (312 codificados), ambos em Patos. Do total de servidores codificados, 128 recebem salários de até R$ 23,5 mil, outros 108 recebem salários de até R$ 20 mil, e mais 189 codificados com salários de até R$ 15 mil. (Confira a tabela)

Enquanto o Governo prioriza a contratação de codificados, os servidores efetivos amargam, nos últimos anos, pífios reajustes: 2011= 0%, 2012=3%, 2013=3%, 2014=5%, 2015=1%, 2016 e 2017=0%.

Fisco Estadual no Ocupa Brasília

Tendo em vista o desencadeamento de novos fatos na cena política do Brasil, a expectativa da organização do movimento Ocupa Brasília é de reunir milhares de manifestantes, quarta-feira (24), no grande ato contra os projetos de reformas, dentre as quais, a trabalhista e a previdenciária.

Os Fiscos Estaduais de todo o Brasil, liderados pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital, Fenafisco, se juntarão aos demais manifestantes do País, reafirmando a capacidade de organização e a força dos trabalhadores, bem como da sociedade que não aceitam, em hipótese alguma, que os direitos sejam retirados sob o pretexto de gerar emprego, garantir o futuro da Previdência, quando, na verdade, a meta é favorecer bancos e patrões.

PEC 186: solução para o Brasil

A Federação do Fisco Estadual e Distrital, Fenafisco, prossegue fortalecendo a luta em defesa da PEC 186, da autonomia administrativa, funcional e financeira da Administração Tributária.

Em campanha publicitária em curso, a Fenafisco revela que são sonegados de impostos mais de 420 bilhões/ano, prática criminosa que poderia ser reduzida drasticamente caso os Fiscos atuassem livre de ingerências externas. Esses recursos sonegados poderiam ser aplicados em educação, saúde e segurança.

A Fenafisco e suas entidades filiadas, exemplo do Sindifisco-PB, vem contatando os parlamentares, com intuito de buscar apoio à PEC 186, que é importantíssima para o País.

Conheça mais a PEC: www.pec186.org.br.

Forró Fiscando

Garantia de muito arrasta-pé, o Forró Fiscando traz como atrações para sua 14ª edição, as bandas Gente Boa (Monteiro) e Os 3 do Xamego (João Pessoa), que vão animar os festejo juninos dos filiados, próximo dia 10, às 20h, no Clube Cabo Branco, em João Pessoa.

O evento é restrito aos filiados ao Sindifisco-PB, que adquirem as mesas na sede do Sindicato, mediante a doação de 8 Kg de alimentos não perecíveis:

Mais informações: (83) 3044-3282.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons