Fechar

Fechar

Brafip

Alexandre Moura. Publicado em 11 de maio de 2018 às 11:07

No próximo dia 6 de junho, em Belo Horizonte, Minas Gerais, a BRAFIP – Associação Brasileira de Fomento à Inovação em Plataformas Tecnológicas vai realizar um Seminário sobre Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Colaborativa (PDI Colaborativa).

O evento tem como objetivo discutir a PDI Colaborativa no âmbito do conceito de Plataforma Tecnológica, criado pela UE – União Europeia, para promover a PDI Colaborativa nos países membros, do tipo “industry/academy driven”.

O Seminário é aberto ao público, sendo voltado tanto empresas interessadas na PDI, quanto para as universidades.

Segundo os organizadores, “nesse contexto, busca-se promover canais que levem as empresas a obter vantagens técnicas e econômicas, além de outros benefícios, como o estabelecimento de contatos de interesse estratégico, o melhoramento da imagem corporativa e a credibilidade frente aos clientes e parceiros, no Brasil e no exterior”.

Na ocasião será apresentado o “Programa H2020 da UE”, além de experiências de empresas brasileiras em PDI Colaborativa, tanto em nível nacional quanto internacional.

“Amazon” e Provador Virtual

Matéria publicada no Wall Street Journal, periódico americano especializado em negócios, afirma que a “Amazon”, empresa líder do varejo eletrônico nos Estados Unidos, pretende atuar fortemente “no varejo de moda” para também, liderar este segmento de mercado.

Uma das ideias sendo estudada é o “desenvolvimento de um provador de roupas virtual”. Com este objetivo, a Amazon investiu na compra da Startup (empresa iniciante) Body Labs, que criou um programa de computador que captura (digitaliza) as formas do corpo das pessoas e seus movimentos em três dimensões.

No projeto piloto, os clientes têm seus corpos “escaneados” durante cerca de 30 minutos a cada duas semanas, além de responder um questionário eletrônico com informações sobre hábitos alimentares e a variação de peso nos últimos anos.

A partir destes dados, a empresa especifica um código para o cliente e ele pode adquirir as roupas que vão vestir perfeitamente, facilitando assim, a compra das mesmas, sem risco delas não servirem.

 AEB e a Universidade Federal de Santa Maria

A AEB – Agência Espacial Brasileira e a UFSM – Universidade Federal de Santa Maria, localizada no Rio Grande do Sul, “assinaram um convênio que viabiliza a pesquisa, lançamento e operação de um nano satélite.

Denominado de “NanoSatC-BR2”, o nano satélite foi desenvolvido em um projeto da UFSM e do INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais  e “contribuirá para o fortalecimento da capacidade científica e tecnológica do Brasil, levantando importantes questões relacionadas a pesquisas em geofísica espacial”.

O NanoSatC-BR2 é um “CubeSat nacional” (acrônimo das palavras em Inglês: Cube e Satellite – Cubo e Satélite, que é um tipo de satélite miniaturizado usado para pesquisas espaciais e em comunicações radioamadoras, pesando pouco mais de 1,3 Kg) sendo o segundo equipamento (o primeiro está em órbita há mais de três anos) proposto no âmbito do “Programa NanoSatC-BR”, iniciativa cujos objetivos gerais incluem, a capacitação de recursos humanos para a realização de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) com instrumentação espacial, a qualificação de circuitos miniaturizados, a realização de pesquisas científicas relacionadas com geofísica espacial, além de incentivar uma maior cooperação nacional e internacional no setor espacial.

Embraer X

A Embraer – Empresa Brasileira de Aeronáutica, através de sua subsidiaria “Embraer X” unidade dedicada ao desenvolvimento de negócios baseados em tecnologias e inovações “disruptivas” (termo que descreve a inovação tecnológica, produto, ou serviço, com características “disruptivas”, em vez de evolutivas – ou seja, que provocam uma ruptura com os padrões, modelos ou tecnologias já estabelecidos no mercado, sendo, portanto transformadora ou revolucionária), apresentou recentemente nos Estados Unidos, “o conceito de seu primeiro veículo elétrico de decolagem e pouso vertical, conhecido pela sigla em inglês eVTOL”.

O projeto é uma cooperação tecnológica e comercial, entre a Embraer X e o UBER, visando o desenvolvimento de “uma aeronave com a missão de servir passageiros em um ambiente urbano, com base em segurança, baixo custo e com impacto mínimo para as comunidades, em termos de emissões de poluentes e ruído”.

Mais informações no site www.EmbraerX.com

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba.

falecom@fhc.com.br

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube