Fechar

logo

Fechar

“Bitcoin” e Construção Civil

Alexandre Moura. Publicado em 29 de dezembro de 2017 às 8:39

Por Alexandre J. Beltrão Moura (*)

A “Construtora Katz”, imobiliária e incorporadora de prédios residenciais de alto luxo no mercado de Minas Gerais, começa 2018 aceitando Bitcoin como forma de pagamento.

Segundo executivos da empresa, “a moeda digital criptografada pode ser usada para comprar imóveis, lotes e outros empreendimentos da construtora”, sendo assim, mais uma opção de pagamento e oportunidade de negócio para quem investe em Bitcoin.

Na Katz, a moeda pode ser usada como parte ou no pagamento total, do imóvel adquirido.

Retomada

Por falar na “Indústria da Construção Civil”, o ano de 2018 será de retomada para o segmento. Segundo a pesquisa ”Sondagem Indústria da Construção” feita pela CNI – Confederação Nacional da Indústria.

De acordo com os dados levantados junto aos empresários do setor, “o índice de expectativas em relação ao nível de atividade alcançou 53 pontos, o de novos empreendimentos e serviços ficou em 51,9 pontos e o de compra de insumos e matérias-primas subiu para 50,8 pontos”.

Ou seja, todos os “indicadores de expectativas ficaram acima dos 50 pontos neste último mês do ano”. Refletindo forte otimismo, com a retomada dos negócios nos próximos seis meses.

Foram ouvidos executivos de 578 empresas (de pequeno, médio e grande porte) durante a primeira quinzena de dezembro.

Este é mais um sinal de melhora das condições econômicas do país e em um importante setor, que tem um forte “arrasto” em vários segmentos da indústria e dos serviços, além de ter grande impacto positivo na geração de postos de trabalho. Uma boa noticia!

“Desquebre”

Um aplicativo (App) para celular bem interessante já está disponível. Trata-se do “Desquebre”. O sugestivo nome reflete bem o objetivo deste App: “dar dicas para o próprio usuário consertar eletrodomésticos da linha branca (fogões, geladeiras, freezers e micro-ondas)”.

O software catalogou “uma base de informações com orientações para o próprio usuário identificar o tipo de problema e tentar fazer consertos simples”.

Segundo os criadores da solução, além dessas informações o App tem uma lista de profissionais disponíveis, “caso o usuário não obtenha sucesso no reparo, o aplicativo informa qual técnico está mais próximo e o coloca em contato com o cliente”.

Por enquanto, o aplicativo está disponível nas versões Web, Android e iOS (iPhone) para moradores de algumas cidades de São Paulo.

2021

Este é o ano em que a EMBRAER, fabricante brasileira de aviões, em parceria com o UBER, pretende fazer voar o “Uber da Embraer”, uma aeronave totalmente elétrica e com autonomia de voo de 80 a 100 quilômetros.

O veículo, parecido com um mini-helicóptero, poderá transportar até quatro pessoas, além do piloto.

Caso o cronograma seja cumprido, o objetivo é começar a vender a nova aeronave até o final de 2024 e assim, revolucionar a indústria da mobilidade nas grandes cidades.

O equipamento, segundo engenheiros da EMBRAER, “será capaz de pousar e decolar de heliportos, terraços de prédios ou pequenas áreas em meio a edifícios”.

Feliz 2018! Com muita Paz e Saúde, pois o resto se consegue!

(*) Engenheiro Eletrônico

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Alexandre Moura
Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube