Fechar

logo

Fechar

Benedito Antonio Luciano: O pai nas letras de músicas

Benedito Antonio Luciano. Publicado em 15 de outubro de 2020 às 8:27

Assim como várias músicas foram compostas com o objetivo de homenagear às mães, existem aquelas que foram elaboradas como forma de tributo ao pai e para rememorar a importância desse na vida do filho.

Comecemos pela música “Espelho”, composição de João Nogueira e Paulo César Pinheiro, gravada por João Nogueira, em 1977. Ao ouvir essa canção, logo nos primeiros versos, percebemos que se trata de uma letra autobiográfica.

Nela, João Nogueira fala de sua infância e da lembrança recorrente do pai, o advogado e músico João Batista Nogueira: “O pai de anel no dedo e o dedo na viola/sorria e parecia mesmo ser feliz”.

Essa lembrança se faz presente e saudosa nos seguintes versos: “Num dia de tristeza me faltou o velho/E falta lhe confesso que ainda hoje faz/E abracei na bola e pensei ser um dia/Um craque da pelota ao me tornar rapaz/Um dia chutei mal e machuquei o dedo/E sem ter mais o velho pra tirar o medo/Foi mais uma vontade que ficou pra trás”.

Em 1992, João Nogueira lançou o CD intitulado “Além do Espelho”, tendo Paulo César Pinheiro como em algumas músicas, dentre elas uma intitulada “Além do Espelho”. Se na letra de “Espelho” o foco foi o pai, na letra de “Além do Espelho” o filho é o focalizado: “Se meu pai foi espelho em minha vida, quero ser pro meu filho espelho seu”.

E conclui: “A vida é mesmo uma missão/ A morte é uma ilusão/Só sabe quem viveu/Pois quando o espelho é bom/Ninguém jamais morreu/E o meu medo maior é o espelho se quebrar/Meu medo maior é o espelho se quebrar”.

O medo de o espelho se quebrar reflete o temor do pai que seu filho caia nas tentações e armadilhas do mundo caleidoscópico e se fragmente. Pois, num espelho quebrado a imagem virtual refletida não corresponde ao objeto posto à sua frente.

Um belíssimo exemplo de composição feita em homenagem ao pai é a música “Naquela mesa”, samba composto por Sérgio Bittencourt em homenagem póstuma a Jacob do Bandolim (Jacob Pick Bittencourt), falecido em 1969: “Naquela mesa tá faltando ele/ E a saudade dele/ Tá doendo em mim”. “Naquela mesa” foi gravada por Elizeth Cardoso, acompanhada pelo próprio compositor, no disco “ Preciso aprender a ser só”, lançado em 1972.

Em 1970, o cantor, compositor e instrumentista Taiguara prestou homenagem ao seu pai, o músico Ubirajara Silva, ao gravar com ele a música “O velho e o novo”, lançada em 1970: “ Deixa o velho em paz/ Com as suas histórias de um tempo bom/ Quanto bem lhe faz/ Murmurar memória num mesmo tom/…Range o velho barco/ Lamento amargo do que não fez/ E o futuro espelha/ Esse mesmo velho que são vocês”.

Gravada originalmente em 1972 pela banda norte-americana Bread, a música “Everything I Own”, composta por David Gates foi uma forma que ele encontrou para homenagear e lidar com a perda de seu falecido pai: “Eu daria tudo que eu possuo / Só para tê-lo de volta novamente/ Só para tocá-lo mais uma vez”.

No repertório de Altemar Dutra, uma das músicas mais lembrada é “Meu velho”, lançada em 1970, versão brasileira de Nazareno do Brito para a música “Mi viejo”, composta por Piero de Benedictis e José Tcherkaski: “Velho, meu querido velho/ Agora caminha lento/ Como perdoando o vento/ Eu sou teu sangue meu velho/ Teu silêncio e teu tempo”.

Roberto Carlos também prestou homenagem ao seu pai com a canção intitulada “Velho, meu querido velho”, lançada em 1970. Como o título é autoexplicativo, não há necessidade de comentários adicionais.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Benedito Antonio Luciano
Benedito Antonio Luciano

Professor doutor, titular do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube