Fechar

logo

Fechar

Benedito Antonio Luciano: O número cem

Benedito Antonio Luciano. Publicado em 12 de novembro de 2020 às 10:50

Com a publicação deste texto, atinjo um marco significativo: cem contribuições publicadas no Paraibaonline. O convite para atuar como colunista neste prestigiado informativo partiu do seu editor, Jornalista Arimatea Souza, depois de ter sido entrevistado por ele no Programa Ideia Livre da TV Itararé, em 17 de outubro de 2017.

Antes, ele havia me conhecido como colaborador de jornais impressos veiculados no Estado da Paraíba, dentre os quais: Diário da Borborema, entre 1985 e 2009; Jornal da Paraíba, entre 1987 a 2009; Gazeta do Sertão, em 1988; Correio da Paraíba, em 1993 e 1998; e A União, em 1999 e 2001.

No Diário da Borborema foram publicados cento e cinquenta e sete artigos; no Jornal da Paraíba cento e dezoito; no Gazeta do Sertão, dois; Correio da Paraíba, dois; e no jornal estatal A União, dois.

Lembro que a publicação do primeiro artigo de minha autoria ocorreu no Diário da Borborema, em dezembro de 1985. Naquela oportunidade, o texto original foi datilografado e entregue pessoalmente na redação do jornal, localizada na Rua Venâncio Neiva, no centro de Campina Grande – PB.

Naquela época, no ambiente da redação, o texto passava pelo processo de copidesque antes de ser impresso no jornal. Em média, entre a entrega dos originais e a publicação do artigo, o tempo era de uma semana.

Nos dias correntes, nada de texto impresso. Em casa, utilizo um editor de texto no computador, com todos os recursos de revisão e edição disponíveis. Depois de concluída a versão final do artigo, uso o correio eletrônico para enviar o texto para a redação virtual do Paraibaonline e a publicação ocorre no mesmo dia.

Na atualidade, parece que a circulação de jornais impressos está por terminar. Em Campina Grande, por exemplo, não existe mais esse tipo de publicação diária. Em vários países a mídia impressa tem cedido o lugar à mídia digital. É assim mesmo; temos que nos adaptar às mudanças, não apenas no tocante aos meios de comunicação.

Particularmente, é o que tenho feito na minha vida profissional. Tive que me adaptar. Ao logo de mais de quatro décadas, usei como editores de textos: máquinas de datilografia, cartões perfurados, fitas de gravação magnética, disquetes, CD ROM, pen drives e armazenamento na “nuvem”.

Em 1977, iniciei minha carreira como professor universitário, ministrando aulas presenciais na base do quadro negro e giz, e fui acompanhando todas essas mudanças, até que neste ano de 2020, face às determinações oficiais referentes à emergência de saúde pública decorrente da COVID-19, estou ministrando aulas remotamente.

Nessas aulas remotas, apoiadas em recursos audiovisuais e computacionais, tenho utilizando a internet como meio de comunicação entre eu e meus alunos.

Voltando ao título deste artigo, talvez seja oportuno registrar que nos cem artigos publicados no Paraibaonline, tive total liberdade para discorrer sobre os mais variados temas, dentre os quais: engenharia, ciência, tecnologia, literatura, memórias, artes, religião, política e jornalismo científico.

Assim, considero oportuno consignar os meus agradecimentos ao Editor do Paraibaonline e à sua equipe de colaboradores, assim como aos leitores desta coluna pela prestimosa atenção.

Então, que venham os novos e bons tempos! Que venham as novas infotecnologias! E que eu tenha inspiração para continuar produzindo e publicando.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Benedito Antonio Luciano
Benedito Antonio Luciano

Professor doutor, titular do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube