Fechar

logo

Fechar

Benedito Antonio Luciano: Músicas estrangeiras e versões brasileiras

Benedito Antonio Luciano. Publicado em 26 de janeiro de 2020 às 11:01

Aproveitando os dias de férias neste mês de janeiro de 2020, atualizei uma pesquisa musical iniciada em abril de 2005 e interrompida por envolvimento com diversos afazeres.

Nessa pesquisa, procurei ordenar, sob forma de tabela, uma lista de músicas estrangeiras, seguidas dos nomes dos intérpretes, ano da gravação original, títulos das versões brasileiras, intérpretes e respectivos anos da gravação de cada uma.

Sem me preocupar com gênero musical, ano da gravação ou qualquer outro critério, fui ordenando as músicas pelo título, dispondo-as em ordem alfabética, utilizando como fontes: livros, discos e a internet.

Efetivamente, numa pesquisa dessa natureza não há como estabelecer um número final, pois, dependendo do gosto de cada um, sempre deixarão de ser listadas músicas interessantes.

No caso específico desta pesquisa, como base, cento e sessenta foi assumido como número de referência. Ao atingir esta cifra, passei a fazer o levantamento comparativo dos dados obtidos.

Com relação aos grupos estrangeiros, o destaque foi para The Beatles, com trinta músicas que foram convertidas em versões brasileiras, principalmente por Renato e Seus Blue Caps (dezenove) e The Fevers (onze).

O intérprete brasileiro que gravou o maior número de versões foi Agnaldo Timóteo, com quinze, seguido por Carlos Gonzaga, com treze, e Roberto Carlos, com sete.

No período que vai de 1926, ano da gravação de “A media luz”, por Carlos Gardel, a 1997, ano da gravação de “Batendo na porta do céu”, por Zé Ramalho, os anos com maiores números de versões brasileiras foram, respectivamente, 1965 e 1967.

Neste contexto, dentre as músicas estrangeiras foram listadas: 141, em inglês; nove em francês; cinco em italiano; três em espanhol; uma em idioma Xhosa, “Pata pata”, gravada em 1967; e uma em japonês, “Sukiyaki”, gravada em 1961.

Talvez, por mera curiosidade, além dos citados, o leitor queira saber os nomes de outros intérpretes e grupos, nacionais e estrangeiros, que fazem parte dessa lista.

Então, seguem os nomes dos intérpretes e grupos brasileiros:

Altemar Dutra; Ângelo Máximo; Beto Guedes; Bobby de Carlo; Cantores de Ébano; Carlos Galhardo; Celly Campelo; Dalva de Oliveira; Demetrius; Deny e Dino; Diana; Ed Wilson; Erasmo Carlos; Giane; Gilberto Gil; Golden Boys; Jerry Adriani; João Dias e Dalva de Andrade; Leno e Lilian; Lulu Santos; Mário César; Moacyr Franco; Nelson Gonçalves; Nenhum de nós; Nilo Amaro e seus cantores de ébano; Nilton Cesar; Noriel Vilela; Os Brasas; Os Caçulas; Os Incríveis; Osni Silva; Paulo Cezar; Paulo Diniz; Raulzito e os panteras; Reginaldo Rossi; Ronnie Von; The Brazilian Bitles; The Clevers; The Sunshines; The Youngsters; Trio Esperança, Trio Melodia; Vanusa; Wanderléa; e Wilson Simonal.

Para finalizar, seguem os nomes dos intérpretes e grupos estrangeiros:

Adamo; Andy Williams; Badfinger; Bill Deal and The Rhondels; Billy J. Kramer & The Dakotas; Bob Dylan; Bob Marley; Bobby Darin; Bobby Rydell; Brothers four; Chad and Jeremy; Charles Aznavour; Christophe; Chubby Checker; Coasters; Connie Francis; Creedence Clearwater Revival; Daniel Boone; Dassin Joe; Dave Clark Five; David Bowie; Debbie Reynolds; Del Shannon; Donovan; Earl Grant; Edith Piaf; Elvis Presley; Frank and Nancy Sinatra; Gerry and The Pacemakers; Gery Lewis & The Playboys; Gilbert Bécaud; Henry Mancini; Herman´s Hermits; Joe Jeffrey Group; Johnny Mathis; Johnny Rivers; Los Bravos; Louis Amstrong; Lynn Anderson; Matt Monro; McCoys; Michel Polnareff; Mirian Makeba; Nat King Cole; Nico Fidenco; Niel Diamond; Niel Sedaka; Oliver; Paul Anka; Paul Robeson; Peter and Gordon; Petula Clark; Pino Domaggio; Procol Harum; Ray Charles; Roy Orbison; Sakamoto Kyu; Sarita Montiel; Scott McKenzie; Seekers; Sheiks; Soer Sourine; The Animals; The Archies; The Beach boys; The Cascades; The Coasters; The Easybeats; The Grass Roots; The Hollies; The Left Banke; The Mamas & The Papas; The McCoys; The Monkees; The Platters; The Rolling Stones; The Shuffles; The Tremeloes; The Troggs; The Yardbirds; The Zumbies; Tim Hardin; Tom Jones; Tony Orlando & Down; Tony Ronald; Trini Lopez; e Woody Guthrie.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Benedito Antonio Luciano
Benedito Antonio Luciano

Professor doutor, titular do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube