Fechar

logo

Fechar

Benedito Antonio Luciano: Amigos saudosos

Benedito Antonio Luciano. Publicado em 18 de março de 2021 às 11:06

Ao longo de nossa vida conhecemos pessoas com as quais desenvolvemos vínculos de empatia, que no mais elevado grau denominamos amigos.

Os verdadeiros amigos são confiáveis, sinceros, solidários, autênticos, compreensivos, leais, generosos, honestos, bons conselheiros e dignos de toda nossa atenção.

Amigos são dádivas divinas. Uns privam da nossa amizade por muitos anos, desde o período da infância; outros, lamentavelmente, no dizer de Rolando Boldrin, “partem antes do combinado”, deixando esta vida para cumprir os desígnios de Deus.

Isso aconteceu com o meu inesquecível amigo Jurandir Alfredo. Negro, pobre, estudioso, trabalhador e talentoso, ele viveu sua infância, adolescência e parte da vida adulta na Rua do Cachimbo Apagado (atual Rua Firmino Leite), no Bairro do Monte Santo, em Campina Grande-PB.

Foi lá que eu o conheci, por volta de 1966, quando jogávamos bola num campinho localizado em um terreno baldio, em frente à casa onde ele morava. Na adolescência, as nossas conversas e interesses giravam em torno de dois assuntos principais: música e poesia. Nessa época, ele estudava no Senai.

Na idade adulta, em fevereiro de 1981, Jurandir lançou um livro intitulado Crônicas e Poesias, cujos manuscritos originais ele me confiou, antes de deixar Campina Grande para trabalhar em São Paulo, local onde faleceu precocemente, em dezembro de 1990.

Outro amigo que “partiu antes do combinado”, em dezembro de 2011, aos cinquenta e oito anos, foi Wilson de Oliveira Cavalcanti. Apesar de morarmos no mesmo Bairro, em Campina Grande, ele na Rua Dom Pedro II e eu na Avenida Barão do Rio Branco, só nos conhecemos no Colégio Estadual da Prata, por volta de 1968.

Certamente, Wilson foi o amigo com o qual privei maior tempo de convívio. Juntos, em meados de 1970, criamos o “Cavern Club”. A escolha do nome foi uma forma de homenagear os Beatles. Localizado por trás da Rua Dom Pedro II, o “Cavern Club” teve seu auge em 1972 e cerrou suas portas no primeiro semestre de 1975.

Conterrâneo de Coremas-PB, Francisco de Assis Rocha Carvalho foi outro amigo que conheci no Colégio Estadual da Prata, em 1969, quando estudamos na mesma turma na quarta série do curso ginasial.

A coincidência é que o pai dele, Raimundo Nonato de Carvalho, tinha sido colega de meu pai, Pedro Antonio Luciano, quando juntos trabalharam na construção da barragem do Açude Mãe d’Água, em Coremas – PB, entre 1949 e 1957.

Rocha, como nós o tratávamos no colégio, era carismático, tinha bom gosto musical e primava pela literatura. Foi por intermédio dele que entrei em contato com a obra do filósofo existencialista Jean-Paul Sartre e com muitas músicas de bandas internacionais que se somavam às que eu ouvia em programas radiofônicos da BBC.

Durante o tempo em que Rocha morou em Campina Grande desfrutamos de uma boa amizade. Depois que ele foi morar em João Pessoa PB, onde faleceu em outubro de 2011, raros foram os nossos contatos. Mas, para além do tempo, da distância e da morte a lembrança do saudoso amigo se manteve intacta.

Isto aconteceu, também, com outros amigos que partiram para a vida eterna e que permanecem vivos na minha memória, dentre eles: Evandro Fechine, Geraldo Dassen e José Homero Feitosa Cavalcanti, professores da UFPB; Mário Rogério, funcionário do Banco do Brasil; Raimundo Nazareno, professor da UFPA; Solon de Medeiros Filho, professor da UFPE; e Reginaldo Dias de Barros, funcionário do Banco do Nordeste do Brasil.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Benedito Antonio Luciano
Benedito Antonio Luciano

Professor doutor, titular do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube