Fechar

logo

Fechar

Alexandre Moura: Incoday 2020

Alexandre Moura. Publicado em 20 de novembro de 2020 às 8:12

A “Chamada de Ideias BRAFIP 2020”, voltada para “Ideias” de Projetos de P, D&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) em Cooperação, recentemente encerrada, selecionou as 15 Ideias finalistas, entre as 112 Ideias inscritas, provenientes do Brasil e do exterior.

As finalistas foram avaliadas com base na “Metodologia BRAFIP” (disponível no site da entidade),  e serão apresentadas, para a escolha das três melhores, durante o INCODAY 2020 (International Cooperation Day), que acontecerá nos dias 02 (abertura oficial) e 03 de dezembro deste ano, no auditório da FIEP – Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, na cidade de Campina Grande, Paraíba.

INCODAY 2020 (II)

A realização da edição 2020 do INCODAY, conta com o apoio do SEBRAE-PB, da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, da FIEP, da ACCG – Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande, da CDL – Câmara de Diretores Lojistas de Campina Grande e da PMCG – Prefeitura Municipal de Campina Grande.

Este ano, devido a pandemia, o evento será híbrido, com atividades presenciais e online, permitindo a apresentação das ideias escolhidas, também, via Internet. Além das apresentações das “Ideias” finalistas, o INCODAY terá palestrantes do Brasil, Japão e Espanha e uma “mesa redonda”, com a participação de representantes de entidades ligadas a “Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento em Colaboração”, de vários países da América Latina.

Também será apresentada a versão final da BSRIA – Agenda Estratégica Brasileira para Pesquisa e Inovação, documento que teve sua “construção” coordenada pela BRAFIP.

INCODAY 2020 (III)

As 15 Ideias finalistas são as seguintes:

  • “VASSA – Vaso Sanitário Sem Água”, da empresa MJA Interiores, arquitetura e urbanismo;
  • “Yorkee+ – Plataforma apoiada por IA para indexação e recuperação de dados multibiométricos e integração com equipamentos IoT para controle de acesso e medições”, da empresa Neokoros Brasil Ltda;
  • “Produção de insumos nano tecnológicos por baixo aporte energético”, da empresa Naturaleza;
  • “Internet das Coisas com LoRa/GSM”, da empresa NLT;
  • “PD&I em processo de conversão termoquímica aplicado à biomassa residual para produção de energia elétrica verde”, da empresa UFT;
  • “Sensibilidade – Plataforma de Indicadores de Felicidade para Cidades Inteligentes Sustentáveis”, do Grupo de Trabalho de Inovação da ABRAPS;
  • “Gerador de energia elétrica limpa, movido por impulsos elétricos c/ característica inovadora alcançando o máximo da eficiência de cada componente”, da empresa Geradores EIP;
  • “SANITIZADOR UVC MULTIUSO”, do pesquisador Jorge Marcelo Brandão Orengo;
  • “SuperBINA 3”, da empresa MBI;
  • “Integrall”, da Startup Integrall;
  • “Internet Fixa via Wireless 5G – FWA” da empresa BBS Options Telecomunicações Ltda;
  • “StartupRadar – Uma forma simples de fazer Diagnósticos de Startups”, da empresa Strategius;
  • “No futuro tudo será APIs”, da Heverton Anunciação consultoria em CRM;
  • “Imagens Georreferenciadas captadas por VANT’S para Munícipios”, da empresa Planar Drone;
  • “Artesanatos regionais como fator de mudança socioeconômica: agregação de valor e abertura de canais de comercialização”, da empresa Innata.

Mais informações podem ser obtidas no Portal da BRAFIP (www.brafip.org.br).

“Entre os 100 mil mais influentes”

O Portal da Internet da UFCG – Universidade Federal de Campina Grande (www.ufcg.edu.br), apresenta uma ótima notícia. A matéria diz que, “três professores da UFCG estão entre os 100 mil cientistas mais influentes do mundo”, segundo pesquisa publicada pela Revista Plos Biology, revista científica internacional, fundada em 2003, que publica uma vasta gama de matérias sobre biologia.

Segundo a revista, os professores Claudianor Oliveira Alves, da Unidade Acadêmica de Matemática, Cursino Brandão Jacobina e Antonio Marcus Nogueira Lima, da Unidade Acadêmica de Engenharia Elétrica, constam da “Lista dos Cem mil” mais influentes, em nível mundial, e no Brasil eles estão também, na lista dos “600 cientistas mais influentes”.

A pesquisa denominada de “Updated – wide author databases of standardized citation indicators” (“bancos de dados atualizados, de indicadores padronizados de citações de autores em trabalhos científicos”, em uma tradução/adaptação livre), foi feita pela Universidade de Stanford, dos Estados Unidos, baseada em “citações da base de dados Scopus, que contém informações sobre “o impacto do pesquisador ao longo da carreira e o impacto do pesquisador em um único ano, neste caso, o ano de 2019”. Parabéns!

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Alexandre Moura
Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Diretor de Relações Internacionais da BRAFIP - Associação Brasileira de Fomento à Inovação em Plataformas Tecnológicas.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube