Fechar

logo
logo

Fechar

Alexandre Moura: Carros Elétricos

Alexandre Moura. Publicado em 30 de julho de 2021 às 9:31

Uma disputa silenciosa, mas bem agressiva, vem ocorrendo na indústria mundial de carros elétricos, entre os dois principais expoentes deste “novo” mercado: Os Estados Unidos e a China.

A questão não é só tecnológica, mas principalmente, da produção de “insumos/equipamentos como motores e as células das baterias (de íon-lítio) dos automóveis”, onde a China domina com 75,3% e os americanos só têm 7,6% da produção mundial. Uma tremenda “dor de cabeça” para a indústria de Detroit, cidade americana sede dos grandes fabricantes de automóveis dos Estados Unidos.

Como tudo indica que o futuro é sem dúvida, do carro elétrico (por vários motivos) essa “fraqueza” da indústria americana, é grave e precisa ser revertida.

Carros Elétricos (II)

A principal vantagem da China (como em outros segmentos industriais), é sem dúvida, a escala de produção das baterias de íon-lítio, maior que a produção de todos os outros países somados!

Tudo indica que o governo americano “acordou” para esse e outros problemas da indústria automobilística local, e divulgou um plano de investimentos, da ordem de R$ 900 bilhões, para os próximos anos e assim, reverter o quadro atual.

Neste plano bilionário, vai haver recursos para a instalação de 500 mil postos de recarga para os carros (nos próximos dez anos) e, incentivos fiscais para quem adquirir carros elétricos made in USA.

Vale destacar que, hoje a venda de automóveis elétricos na China representa 12% das vendas totais e nos Estados Unidos, apenas 2,1%. E a diferença cresce mês a mês.

A “briga” vai ser grande.

31%

Esse é o percentual de novos usuários dos “Bancos Digitais” no primeiro semestre de 2021, segundo um relatório da empresa Akamai Technologies (empresa americana de conteúdo digital, segurança da Internet e serviços na nuvem).

Para efeito de comparação, no mesmo período do ano passado o percentual era de 14%. Ou seja, em um ano, a adesão de novos usuários aos “bancos online” mais que dobrou.

Alguns motivos explicam o crescimento (que continua acelerado): a pandemia, que com as restrições de deslocamento “forçou” os correntistas operarem através dos aplicativos (Apps) disponibilizados pelos bancos, bem como uma nova geração de clientes, já acostumada a interação digital eque preferem usar um App do que ir fisicamente, a uma agência bancária.

Outro motivo (“derivado” também, da pandemia), que “inflou a estatística”, foi o aplicativo da CEF – Caixa Econômica Federal que disponibilizou o auxílio emergencial do governo federal, para várias dezenas de milhões de brasileiros.

Conectando o “Físico” com o “Digital”

Um dos grandes problemas enfrentados, pelo comércio varejista, é como “unir”, o mundo “tradicional” das lojas físicas com o mundo “digital” do e-commerce (comércio eletrônico).

Para solucionar, ou pelo menos tentar minimizar esse “gargalo”, a empresa brasileira “MIND”, especializada em Marketing, Inovação e Negócios Digitais, desenvolveu um algoritmo (conjunto de instruções que mostra passo a passo, os procedimentos necessários para a resolução de um problema) com o objetivo de “conectar a loja física com a loja digital”, especialmente em lojas de shoppings centers.

Denominada de “OmnniMIND”, a solução cruza, por exemplo, dados de um “Big Data” (“conjunto de dados/informações, grandes demais para serem analisados por sistemas tradicionais”), com as compras (nas lojas físicas ou no comércio eletrônico) e/ou pesquisa na Internet dos consumidores e analisa suas preferencias, direcionando assim, esse cliente para o “tipo de loja mais adequado”, dependendo da característica e preferência de cada um.

Muito interessante.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Alexandre Moura
Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Diretor de Relações Internacionais da BRAFIP - Associação Brasileira de Fomento à Inovação em Plataformas Tecnológicas.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube