Fechar

logo

Fechar

Acadêmico Evaldo Gonçalves: Wilson e seus milhões de amigos

Evaldo Gonçalves. Publicado em 20 de maio de 2020 às 22:17

Por mais que queiram não vão conseguir diminuir o grande número de amigos de Wilson Braga.

Trata-se de uma amizade imperecível, construída em muitas décadas de convivência leal e de amizade sincera.

Foi construída ao longo do tempo e não seria sua morte material que iria arrefecê-la.

Pelo contrário. Está mais forte e consolidada. O modo como foi construída ao longo do tempo, na base da sinceridade e do desprendimento mútuo, é, acima de tudo, uma construção imune às contingências humanas.

Então, algumas ausências no velório de Wilsom Braga poderão ter outro sentido: falta de conhecimento prévio; natural recusa em reconhecê-lo como verdadeiro; decisão em desejá-lo vê-lo sempre vivo; evitar emoções fortes que demoram a aceitar a morte, mesmo ela sendo inevitável Enfim, decisão de mantê-lo vivo, embora morto.

Uma das muitas histórias que vivemos juntos, ao longo de uma vida de amizade e confiança mútua, impõe-se ser lembrada.

Um certo dia, quando governador, telefonou-me pedindo para ir à Granja, com urgência.

Ao chegar, ele me disse: quero lhe comunicar, em primeira mão, que vou renunciar ao Governo do Estado.

Perguntado por mim os motivos, disse: um ano de governo e não tenho nenhuma obra para inaugurar, nem pude dar um aumento ao funcionalismo público. Não devo continuar à frente do Governo do Estado.

Dissuadi-lo argumentando que nada podia ajudá-lo quanto ao aumento merecido aos servidores estaduais. Quanto às obras, temos várias a inaugurar no Curimataú do Estado: açudes, barragens e pontes a cargo do DER, que as construíra com recursos próprios e conseguidos por aquela autarquia, sem interferência do Estado.

Ele ouviu e me disse: você e Quintans serão os responsáveis pela minha permanência no governo.

Wilson sempre foi assim: aberto ao diálogo com seus assessores e às soluções que significassem benefícios para o bem-comum.

Por sua vez, o secretário Assis Quintans, do DER, era aberto ao interesse público e ao bem-comum.

Este testemunho é mais uma das milhares de decisões de Wilson Braga em favor da Paraíba e do País.

Assim, jamais estará só. Nem a morte, inevitável por natureza, conseguirá afastá-lo do povo paraibano, bravo e
heróico!!!

Evaldo Gonçalves é também da APL e IHGP

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Evaldo Gonçalves
Evaldo Gonçalves

* Ex-deputado federal e membro da Associação Paraibana de Letras..

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube