Fechar

logo

Fechar

Acadêmico e ex-deputado Evaldo Gonçalves: “Homens, homens…”

Evaldo Gonçalves. Publicado em 15 de maio de 2020 às 16:47

Limitar-me-ei à minha convivência, em Puxinanã, na casa do meu tio, Joaquim Limeira de Queiroz, e à minha permanência em Sumé no lar abençoado do meu pai, professor José Gonçalves de Queiroz.

Foram convivências frutuosas em que tudo aprendi em termos de amor ao próximo, aos princípios cristãos e aos interesses públicos.

Enfim, por ser as duas casas onde se abrigavam os titulares da Igreja Católica nas duas cidades, bem como os representantes políticos do Estado da Paraíba, não faltavam os exemplos da boa política partidária, nem tampouco a presença dos sacerdotes a gerir os superiores interesses da Igreja Católica.

Tal convivência me autoriza hoje a tentar resgatar a memória de determinadas pessoas, com as quais convivi, nas duas áreas, e que deixaram exemplo de liderança e devotamento às melhores causas das duas cidades, Puxinanã e Sumé, sem desejar esgotar a matéria.

Vejamos Sumé: ressalto de logo os seguintes nomes: José Farias Braga, Braz Travassos, Pe Sílvio, Miguel Guilherme, Assis Quintans, Prof. José Gonçalves, Seu Baihé, Viton Leite Rafael e Antônio Josué.

Puxinanã: Joaquim Limeira, Pe. Galvão, José Hipólito, Frei Silvério, ´Seu Vitor´, Sebastião Delmiro, ´Seu Gregório´, Professora Alaíde e Norberto Guedes.

Natural em caso de omissão de nomes, injustificadamente, estou disposto a reparar a injusta e eventual falha em novas oportunidades.

Não é fácil, numa missão de tal natureza e abrangência, fazer isso sem cometer injustas omissões em tais citações. É quase impossível. Todavia, o que me leva a tentar tais citações é o desejo de fazer, mesmo com erros e omissões, justiça aos que tudo fizeram e deram para o progresso das duas comunidades: Sumé e Puxinanã, às quais devo muito ou quase tudo.

Sem o apoio dos nomes citados como benfeitores de Puxinanã e Sumé. eu mesmo teria tido intransponíveis dificuldades para estudar e conseguir, pela Educação, os cargos que ocupei em Campina Grande, João Pessoa e Brasília.

Então, o registro vale como tentativa de atenuar meu grande débito e demonstrar meus sinceros sentimentos de gratidão aos meus reconhecidos benfeitores.

Evaldo Gonçalves é da APL e IHGP

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Evaldo Gonçalves
Evaldo Gonçalves

* Ex-deputado federal e membro da Associação Paraibana de Letras..

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube