Quantcast

Fechar

logo

Fechar

A virtude

Rafael Holanda. Publicado em 15 de julho de 2019 às 10:23

Algumas pessoas insistem em caminhar por estradas que não apresentam perspectivas de encontrarem o que desejam e nem evidenciar alternativas para que possam retornar a verdadeira missão de serem felizes.

A ambição faz com que o homem procure produzir o que não lhe faz bem, de buscar em vales perdidos da vida a capacidade de se encontrar e muitas das vezes quanto mais se aprofunda mais se perde.

Os nossos passos são medidos por nossas caminhadas, ninguém tomba por querer, e nem sem levanta quando não se encontrar disposto a vencer as tempestades que a vida de forma repentina é capaz de produzir.

As pessoas que levam dentro de si o gene da violência, não são capazes de compreender até as suas lágrimas, pois sempre interpretam de forma estranha as coisas simples que podem ocorrer sem interferências externas.

A intimidade é responsável pelo processo de plantação de sementes que germinem e frutifiquem uma bondade infinita, capaz de trazer ao coração, a luminosidade necessária para cumprir a arte de servir.

O homem é conselheiro do seu destino, e devido a isso tem que entender desde criança que a evolução de uma vida simples e serena é capaz de beneficiar de contemplar um espírito dotado de luz.

É preciso que possamos aprender que o homem orgulhoso já se encontrar enfermo, e por incrível que pareça é incapaz de saber, pois a sua capacidade de enxergar dentro de si foi ofuscado por seus erros.

A calma diante das escuridões que surgem no nosso caminhar, na realidade é uma benção, que faz com que em determinados momentos intempestivos possam ser abrandados com a arte de perdoar.

Milhares vivem sem destino porque não podem enxergar, mesmo que não haja problemas de visão, milhares não podem ouvir um grito de ajuda, porque se sentem incapacitados por seus eternos egoísmos.

O mundo deseja apenas que cada um cumpra sua missão e procure através de leituras edificantes entenderem que na realidade somos hospedes de passagem que esqueceram a missão para cumprirem.

As maldades se impregnam em telas mentais daqueles que vivem em um universo, onde a miséria absoluta é o canto maior de uma ópera tendenciosa capaz de destruir coisas que faziam parte da perfeição da vida.

O que notamos neste circo, onde os palhaços querem levar vantagens é que tudo que se evolui tende a retornar ao mistério da dúvida, mas toda pessoa que pensa de forma natural não deseja fazer parte desta mentira.

Quando você pensa em realizar coisas que são invisíveis aos olhos dos outros tende a cair num erro primário, pois os olhos da verdade e do Senhor há muita já escreveram tua história.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Rafael Holanda
Rafael Holanda

* Médico.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube