Fechar

logo

Fechar

A “NASDAQ Chinesa”

Alexandre Moura. Publicado em 26 de julho de 2019 às 12:33

O governo chinês dando continuidade ao projeto nacional, que visa colocar a China como líder em todas as áreas econômicas (lembrando que a economia chinesa já é a segunda maior do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos), acaba de “inaugurar uma bolsa de valores focada em empresas de base tecnológica (semelhante à americana NASDAQ)”.

Denominada de “Star Market”, a bolsa chinesa foca também o segmento de “ciência” (que tudo indica, inclui universidades e institutos de pesquisa) e tem como objetivo principal “atrair investimentos em ciência e tecnologia para fortalecer as empresas locais” e assim, se contrapor a cada vez maior “pressão da indústria tecnológica dos Estados Unidos, em relação à indústria da China”.

Parece que vai funcionar, pois no primeiro dia de pregão da Star Market, houve valoração de até 520% nas ações de algumas empresas locais. Vamos aguardar os próximos meses e ver como será o comportamento da nova bolsa.

Risco?

Um dos assuntos mais comentados nos últimos dias é o aplicativo para Smartphones,  FaceApp (que “envelhece” as pessoas), desenvolvido pela empresa russa “Wireless Lab” e aparentemente, o assunto não vai sair das discussões nas redes sociais tão cedo.

Recentemente, o Congresso dos Estados Unidos, especificamente um Senador da oposição democrata, interpelou o FBI (a Policia Federal americana) sobre “o risco do FaceApp para segurança do país”. Para o democrata, faz-se necessária uma investigação profunda e abrangente, com relação ao uso dos dados coletados pelo aplicativo que podem ser usados para violar a privacidade dos usuários, além do risco alto de serem usados em crimes cibernéticos (crimes pela Internet).

De qualquer forma, enquanto aguarda um posicionamento do FBI, o partido Democrata “recomendou a exclusão do uso do aplicativo a todos os candidatos (e seus assessores) do partido nas próximas eleições americanas”. Será “paranoia” ou o risco é real? Vamos aguardar as próximas notícias.

CPF e Código de Barras

Uma inovação bem interessante e útil está disponível para os usuários de um aplicativo (App) da Secretaria da Fazenda do Estado do Mato Grosso. Trata-se do aplicativo “Nota MT” feito para “agilizar a emissão da nota fiscal eletrônica (NFe)” com a disponibilização do “CPF do consumidor, em formato de código de barras”.

O uso é bem simples, no aplicativo “Nota MT”, tem uma funcionalidade denominada de “Meu CPF” que apresenta o “número do CPF do consumidor cadastrado no programa, em formato de código de barras na tela do smartphone”.

Desta forma, não é necessário repetir o número do CPF toda vez em que quiser incluí-lo na NFe emitida pelo estabelecimento comercial, basta no caixa da loja mostrar a tela do celular e o atendente passar o leitor de código de barras como se fosse um produto, para o CPF automaticamente ser incluído na nota.

O sistema foi desenvolvido por técnicos da MTI – Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação com o apoio da Secretaria de Fazenda daquele Estado.

Cérebro Conectado?

Hoje a maioria da população não “desgruda” dos smartphones (já existe até pesquisa sobre a chamada síndrome do celular) e agora uma Startup americana, do mesmo dono da Tesla Motors (fabricante de carros elétricos) e da SpaceX (fabricante de espaçonaves), pretende disponibilizar no mercado, já em 2020, de um “chip cerebral” conectando ainda mais nosso cérebro com aparelhos eletrônicos.

Denominada com o sugestivo nome de Neuralink, a nova empresa pretende implantar “sensores no cérebro humano integrado a sistemas de IA (Inteligência Artificial), através de uma entrada USB-C padrão conectando diversos dispositivos eletrônicos” (quem sabe até a um smartphone!).

Inicialmente, a ideia é “ajudar pessoas com deficiências físicas e usuários de próteses que poderão ser robotizadas”. Na sequência, ainda no campo da medicina, pessoas com mal de Parkinson e epilepsia, poderão minimizar ou até eliminar os sintomas com o implante cerebral.

É ficção científica virando realidade!

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Alexandre Moura
Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Diretor da Light Infocon Tecnologia S/A e Diretor de Relações Internacionais da BRAFIP - Associação Brasileira de Fomento à Inovação em Plataformas Tecnológicas.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube