...

Campina Grande - PB

A convivência com a paz

01/08/2017 às 7:47

Fonte: Da Redação

Por Rafael Holanda (*)

Ame todas as coisas da vida, da mais simples a complexa, desmontando o palco improvisado para propagandas das ações, e se torne um anônimo, entre muitos em beneficio de tantos.

Seja como o silencio da noite, a beleza de campos floridos, as pequenas gotas de água, que se satisfazem em trazer a felicidade sem que haja exposição, visando agradecimento.

Seja a dinâmica da vida e com seus pés procure encontrar alguém que vive na miséria absoluta, e na arte bela de consolar; divida pequenas migalhas de alimento em suas mãos.

Procure ouvir, compreender as agonias que perduram sem razões aparentes, as coisas que são produzidas pela maldade humana com a finalidade de produzir tragédia.

Desfaça da sua roupa pomposa, que brilha pelo orgulho e vaidade, e entenda que a felicidade não necessita de traje a rigor e nem o sofrer necessita de grito para se manter acordado.

Plante as sementes que produzem árvores e frutos para saciarem a fome de alguém, tenha a certeza que estas mesmas árvores servirão de sombra para o teu sossego.

Seja o que existe de bom, um homem justo em teu coração, o esplendor e a magia da arte de produzir ações, que em momento oportuno sejam capazes de tirar coisas simples das misérias da vida.

Empreste os teus pés, aos que não conseguem seguir adiante, e se possível coloque-os nos teus braços, pois não ficaremos aqui por longo tempo e a velha bondade haverá de se lembrar destes gestos.

Eleva os teus olhos aos céus, de onde com certeza virá o socorro; prostra-te diante de Deus para receber a penitencia que te é devida pelos pecados, e com certeza o horizonte mostrará a luz.

Ande pela simples beleza do dia, pela poeira que se levanta e enche a terra, pelas pedras empilhadas para formação de montanhas, pelas águas do pequeno poço que se transforma em nevoenta chuva agitada e verás a criação de Deus.

Oremos aos céus para que sofrimentos vivenciados sejam ocultados, às misérias enterradas e um mão se encontre a outra com a finalidade de vivermos em paz.

(*) Médico

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons