Quantcast

Fechar

logo

Fechar

A arte do agradecer

Rafael Holanda. Publicado em 17 de junho de 2019 às 10:25

Obrigado, pela doce água do Teu rio sem limite, a jorrar de forma constante no solo causticante de nossas dúvidas, pela bênção do amanhecer, pelas flores que nascem na primavera, exalando o adocicado cheiro de esperança.

Pelos olhos que nos permite enxergar a beleza desta vida, onde muitos vivem no silêncio de uma escuridão perpétua pelas afrontas e dores que tentam a se tornarem barreiras com a finalidade de impedirem a nossa chegada à verdade.

Pelas ondas que chegam à praia de forma silenciosa como que beijasse uma face, exprimindo todo carinho pela terra, pela mão que balança o berço, pelas mãos que assinam atos de justiça e libertam um injustiçado.

Pelas chuvas que caem no inverno formando um grande rio que se enchem de peixes e alimentam os que vivem na miséria, pelas terras aradas que procriam o alimento e alimentam o homem.

Pela fé e esperança, pela bondade que acalma o desespero, pela segurança de um melhor dia, quando o Teu riso se torna o estandarte empunhados por homens de boa índole.

Pela dádiva da gratidão, pelo cumprimento firme que nos permite seguir os Teus ensinamentos, por um coração puro e reverente, retidão de caráter, por minha língua que expressa a verdade e ações que se tornam dignas.

Por não abrigarmos as decepções no coração, pelos nossos ouvidos que ouvem algo impuro, mas que não permita que a nossa mente registre coisas impuras.

Que possamos caminhar em meio à beleza, aprendendo os sagrados ensinamentos do mundo, que possamos aprender lições ocultas em cada folha e cada pedra. Dê a força necessária, não para ser maior do que meu irmão, mas para conquistar o inimigo em mim mesmo.

Torna-me apto para chegar por meio da verdade aonde meu Pai se encontra, com o coração puro e os olhos límpidos; assim, quando minha vida se esvair como o pôr do sol, meu espírito possa chegar a Ti com honra e sem vergonha de minhas ações terrenas.

Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Rafael Holanda
Rafael Holanda

* Médico.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube