Fechar

logo
logo

Fechar

Papa Francisco: “A velhice não é uma doença, mas um privilégio”

Da Redação. Publicado em 19 de setembro de 2021 às 20:23.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O Papa Francisco transforma toda a lógica humana que considera o idoso um sujeito, aliás, um objeto a ser descartado.

Em uma carta aos sacerdotes idosos e doentes da Região da Lombardia (Itália) afirma: “Vocês estão vivendo uma época, a velhice, que não é uma doença, mas um privilégio”, o privilégio de “assemelhar-se a Jesus que sofre”.

Mesmo os que estão doentes, escreve o Papa à mão, “vivem um privilégio” que é o de ser semelhante a Jesus “que sofre e carrega a cruz exatamente como Ele”.

Portanto, a comunidade que cuida dos doentes “está firmemente enraizada em Jesus”.

Nesta comunidade, os sacerdotes idosos não são apenas “objetos de assistência”, mas “protagonistas ativos”, assegura o Papa, pois são “portadores de sonhos cheios de memória e, portanto, muito importantes para as gerações mais jovens”.

“De vocês vem a linfa para florescer na vida cristã e no ministério”, diz o Papa nas últimas linhas de sua carta.

Ele conclui com o habitual pedido de oração para si mesmo, acompanhado de uma ironia referente à sua saúde após a operação no cólon em julho passado: “Peço-lhe, por favor, que rezem por mim que sou um pouco velho e um pouco doente, mas não muito!”.

arremate
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube