Fechar

logo
logo

Fechar

Membro da comitiva de Bolsonaro nos Estados Unidos recebe diagnóstico de Covid

Da redação com Folhapress. Publicado em 20 de setembro de 2021 às 17:07.

Foto: Carolina Antunes/PR

Foto: Carolina Antunes/PR

RAFAEL BALAGO
NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) – Um integrante da comitiva que foi a Nova York para preparar a viagem do presidente Jair Bolsonaro à Assembleia-Geral da ONU teve resultado positivo em um teste de coronavírus.

A informação foi antecipada pela CNN Brasil e confirmada pela reportagem. O funcionário, que trabalha no cerimonial da Presidência, saiu do Brasil há cerca de 10 dias para ajudar a planejar previamente a logística da viagem.

Ele se sentiu mal na última sexta-feira (17) e teve o diagnóstico de Covid confirmado no sábado (18), um dia antes da chegada do presidente Bolsonaro aos EUA.

A ONU foi avisada do ocorrido. Não está claro em quantas reuniões o funcionário infectado esteve nem se ele foi à sede da entidade nos últimos dias.

Pelo status que ele tem no governo, tudo indica que ele estava hospedado no mesmo hotel usado por Bolsonaro e sua comitiva.

Depois que a contaminação foi confirmada, a pessoa foi isolada e ficará 14 dias em quarentena antes de voltar ao Brasil.

Procurada pela reportagem na manhã desta segunda (20), a assessoria de imprensa da Presidência da República disse desconhecer o caso.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, comentou que não sabia de eventos de contaminação na equipe. “Mas estamos em pandemia, e coisas assim podem acontecer”, afirmou.

Bolsonaro deve discursar na abertura da Assembleia-Geral, nesta terça-feira (21).

arremate
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube