Fechar

logo
logo

Fechar

Uma curta viagem de núpcias

Benedito Antonio Luciano. Publicado em 7 de fevereiro de 2024 às 9:40

Entre os dias 3 e 6 de dezembro de 2000, enquanto participava do Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, evento realizado na cidade de São Pedro – SP, fui agraciado com um exemplar do livro “Uma Curta Viagem de Núpcias”, de autoria de Maurízio Ferrante, professor Titular da Universidade Federal de São Carlos.

Originário da Itália, o Prof. Ferrante nasceu em Florença e radicou-se no Brasil, onde concluiu o curso de graduação em Engenharia Metalúrgica no Instituto Mauá de Tecnologia, São Paulo, em 1968. E, conforme o seu Currículo Lattes, obteve o título de PhD em Ciência dos Materiais pela University of Sussex, Reino Unido, em 1977.

Após sete anos de atividades na indústria e em Centro de Pesquisa, passou a atuar na área acadêmica. Como pesquisador, ao longo de sua carreira acumulou experiência nas áreas de Materiais e Metalurgia, em particular no tocante aos temas: conformação de ligas de alumínio no estado semi-sólido, união de materiais e processamento de ímãs permanentes Nd-Fe-B (Neodímio-Ferro-Boro).

Além de artigos publicados em periódicos e eventos científicos, o Dr. Ferrante é autor dos seguintes livros: “Uma Curta Viagem de Núpcias”, vencedor do Prêmio Teresa Martin de Literatura/95, subordinado ao tema Relações Insensatas, competindo com 998 concorrentes; “O demônio das comparações”, em 2002; o polêmico “A saga da fosfoetanolamina”, em 2019; e do romance “A mineralização do tempo”, em 2023.

Nas quarenta e sete páginas do conto “Uma Curta Viagem de Núpcias”, o autor engendrou uma narrativa muito bem articulada, na qual se destacam: o personagem principal, que se confunde com o narrador, pertencente a uma família economicamente decadente, liderada por uma mãe dominadora; um triângulo amoroso entre dois tios do personagem-narrador e uma jovem contratada para ajudar nos serviços domésticos; e um desfecho surpreendente.

Ao longo da leitura, percebe-se referências irônicas do personagem-narrador aos seus tios, Mário e César. Ao primeiro, ele assim se reportou: “Meu sentimento e algumas vagas lembranças me sugeriam que ele devia ser um intelectual estéril – um diletante. Ao segundo, o tio César, foi descrito como um inepto para cuidar das terras da propriedade da família, sendo enganado pelos camponeses, alguém “que só entendia de fertilizantes e arados, que não lia um livro, que nunca tinha chegado ao fim de um poema…”.

Percebe-se, também, em meio ao texto, referências a obras clássicas da literatura, tais como: “O contrato social”, do escritor suíço Jean-Jacques Rousseau; “Dom Quixote”, romance de Miguel de Cervantes; “Do cidadão”, de autoria de Thomas Hobbes, filósofo inglês do século XVII; e uma citação indireta ao filósofo alemão Arthur Schopenhauer, quando ele “reduz o amor a uma necessidade biológica, um desígnio da natureza para manter viva a espécie…”.

Diferente do romance, o conto é um gênero literário caracterizado pela concisão, pela objetividade, pela capacidade de o escritor contar uma história em poucas páginas, sem perder o foco, mantendo o interesse crescente do leitor até o clímax da narrativa, seguido de um desfecho, geralmente impactante, como no caso de “Uma Curta Viagem de Núpcias”.

Escrever de forma concisa, clara e objetiva é a meta de quem pratica e domina a arte de produzir “papers” (textos técnicos e científicos) destinados a periódicos de alto nível. Esse, talvez, seja o trunfo do Prof. Ferrante para alcançar sucesso em suas publicações literárias para além da engenharia e ciência dos materiais.

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Benedito Antonio Luciano
Benedito Antonio Luciano

Professor doutor, titular do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube