Fechar

logo
logo

Fechar

É possível deixar um legado de inovação e criatividade

Regina Amorim. Publicado em 3 de dezembro de 2023 às 17:00

A criatividade tem o poder de mudar o mundo. O processo criativo não é linear e os momentos de inspiração surgem em lugares incertos, desde que você esteja atento e receptivo para o que ainda nem existe.

A capacidade de criar emoção e experiências levam as pessoas a sentir que podem concretizar sonhos que parecem impossíveis de realizar. Essa deveria ser uma prática comum de todos os líderes e equipes de negócios.

As conexões emocionais entre as marcas e os consumidores não dependem do tamanho das empresas, mas sim da profundidade dessas conexões. Todos nós temos ideias e aspirações, mas o que fazemos com elas?

Ainda hoje muitas empresas não veem a diversidade de experiências, pensamentos e ideias, de seus colaboradores, como oportunidade ou pré-requisito para a construção de uma força criativa. Em geral, valorizam os pensamentos estruturados, pouco inspiradores, rotineiros, sem conexão com os consumidores e sem construir relacionamentos humanos.

Os empreendedores e empresários podem capacitar e fazer despertar a criatividade dentro da sua equipe, visando alcançar um nível de excelência criativa, que possibilita formar laços duradouros com seus consumidores. Despertar emoções no público consumidor não é apenas fazê-lo comprar seus produtos, mas também sentir-se parte da história da sua empresa.

No processo de inovação você não perde. Você ganha aprendizado para o seu autodesenvolvimento e experiência para fazer melhor da próxima vez. Uma das vantagens que você tem é ver coisas que os outros não veem. O que você vê, o que escolhe ver e de que maneira mostra aos outros o que viu, faz parte do trabalho de um profissional criativo, com capacidade de enxergar os insights que outros deixam passar, sem a necessária empatia de buscar o que emociona e sensibiliza os outros. Além da empatia, a curiosidade é um acelerador da criatividade que permite ver oportunidades e tirar proveito delas.

O alinhamento criativo consiste em liberar uma maior energia criativa entre as equipes dos diversos departamentos da organização, para alcançar os melhores resultados. Uma empresa que deseja valorizar a inovação precisa acolher os pensadores criativos, assim como acolhe as mentes analíticas, que têm mais capacidade de trabalhar com dados e informações.

A diversidade é tudo aquilo que apresenta pluralidade e que não é homogêneo, mas que dá vida ao processo criativo. Equipes homogêneas dificilmente vão ter os melhores insights para criar as melhores experiências que conectam e emocionam o público.

É comum nas empresas a cultura de impor limites ao construir suas equipes, escolhendo os que parecem com a sua personalidade, evitam os sonhadores e criativos ou os mais tímidos, sem ter a consciência de construir uma equipe em torno das qualidades.

A jornada da criatividade na empresa, deve começar pelo desafio de incluir nas equipes, pessoas que não pensam como você e nem parecem com você, para evitar a cultura da mesmice, mas alimentar a construção de equipes com a inspiração e a curiosidade criativa.

Não se deve esperar bons resultados no trabalho, nem a inspiração necessária de uma equipe criativa dentro de quatro paredes de um escritório. É essencial compartilhar momentos fora do ambiente de trabalho. Só assim é possível levar para a empresa o que se aprendeu.

Isso vale também para as viagens à trabalho. Ao voltar compartilhe com a sua equipe as coisas que viu, as pessoas que conheceu ou interagiu e o que aprendeu e vivenciou nas ruas e nos lugares visitados. Uma boa transferência de conhecimento alimenta a nossa curiosidade e expande os nossos horizontes.

Devemos sempre que possível, buscar situações novas, mesmo que sejam desafiadoras, como forma de ampliar conhecimentos e buscar inspiração em lugares ainda desconhecidos. O que faz você estar entre os melhores é não ter medo de correr risco, abrir novos mercados. É criar uma nova maneira de se relacionar com os consumidores que a empresa deseja alcançar.

Como profissionais temos oportunidades incríveis para usar nossa imaginação e criar momentos impactantes, que tenham o potencial de transformar pessoas e o mundo em que vivemos. É possível sim, fazer algo maior e deixar um legado de inovação e criatividade.

 

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Share this page to Telegram

Os artigos postados no Paraibaonline expressam essencialmente os pensamentos, valores e conceitos de seus autores, não representando, necessariamente, a linha editorial do portal, mas como estímulo e exercício da pluralidade de opiniões.

Mais colunas de Regina Amorim
Regina Amorim

Bacharel em Economia - UFPB, com Especialização em Gestão e Marketing do Turismo, UNB - Universidade de Brasília e Mestrado em Visão Territorial para o Desenvolvimento Sustentável - Universidade de Valência-Espanha e Universidade Corporativa SEBRAE. Gestora de Turismo e Economia Criativa do SEBRAE -PB.

[email protected]

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016 Arquivo 2015

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube