Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Quase metade do Supremo sinaliza que quer Cunha longe da presidência

Da Redação. Publicado em 3 de maio de 2016 às 23:50.

Foto: Agência Câmara

Foto: Agência Câmara

Assessores do presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acreditam que uma votação contra o parlamentar no Supremo Tribunal Federal teria ao menos cinco votos desfavoráveis a ele.

Luís Roberto Barroso, Celso de Mello, Rosa Weber, Cármen Lucia e Ricardo Lewandowski estariam propensos a votar a favor de processo que pode resultar no afastamento de Cunha da presidência da Câmara, de acordo com o jornal Folha de São Paulo.

A medida também poderia impactar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube