Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Presidente do TSE: não se deve canonizar o juiz Sérgio Moro

Da Redação. Publicado em 25 de outubro de 2016 às 23:56.

Foto: STF

Foto: Ascom/STF

O presidente do Tribunal Superior, Gilmar Mendes, também ministro do Supremo, disse que a Operação Lava Jato tem sido um grande instrumento de combate à corrupção, contudo, adverte que não se pode canonizar todas as práticas ou decisões do juiz Sérgio Moro – que conduz essa operação – e dos procuradores envolvidos.

“É preciso escrutinar as decisões e criticar métodos que levam a abusos.”

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, Mendes falou também sobre as críticas que setores do Judiciário estão fazendo contra a proposta de lei que pune o abuso de autoridades, dizendo que esses críticos parecem imaginar que devam ter licença para cometer abusos.

 

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube