Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Ministro do Supremo condena postura do presidente da Câmara Federal

Da Redação. Publicado em 3 de dezembro de 2015.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal, criticou a decisão de Eduardo Cunha, presidente da Câmara Federal, de retaliar Dilma Rousseff diante do apoio do PT à continuação do processo contra ele no Conselho de Ética, noticia o jornal O Globo.

– É inimaginável, é impensável que um presidente da Câmara faça retaliação, que estivesse com o dedo no gatilho e que faça isso horas depois de o PT anunciar que votaria contra ele no Conselho de Ética.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube