Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Governador do Rio de Janeiro corta até os telefones de auxiliares

Da Redação. Publicado em 3 de janeiro de 2016 às 13:00.

Rio de Janeiro - O governador Luiz Fernando Pezão anuncia situação de emergência e repasse de verbas federais para conter crise no setor de saúde (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, quer cortar R$ 1,5 bilhão em gastos em 2016 em meio a crise financeira que afetou gravemente o funcionamento da rede de saúde no Estado, informa o jornal O Globo.

Para atingir a meta, o governador pretende extinguir 20 empresas ou autarquias, cortar o número de terceirizados, vender helicópteros e acabar com carros oficiais e telefones celulares de secretários.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube