Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Gestão de Michel Temer tentou esvaziar as atribuições do Iphan

Da Redação. Publicado em 22 de novembro de 2016 às 23:43.

 Brasília - Geddel Vieira recebe o manifesto de apoio ao ministro chefe da secretaria de governo, do deputado André Moura (Valter Campanato/Agência Brasil)

Foto: Agência Brasil

A gestão Michel Temer tentou esvaziar a competência do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em maio, logo após o afastamento de Dilma Rousseff, revela o jornal Folha de São Paulo.

A medida provisória que ressuscitou o Ministério da Cultura trouxe a criação da Secretaria Nacional de Patrimônio Histórico, para a qual o ministro Geddel Vieira Lima planejava indicar um aliado.

A criação do novo órgão, no entanto, foi retirada do texto da MP pela relatora, deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP).

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube