Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Funcionário de marqueteiros revela roubo de propina

Da Redação. Publicado em 4 de maio de 2017 às 0:15.

Em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, um assistente de João Santana, ex-marqueteiro do PT, e de Mônica Moura, mulher e sócia do publicitário, afirmou que uma encomenda de caixa 2 eleitoral recebida por ele, no valor de R$ 1 milhão a R$ 1,5 milhão, foi roubada por bandidos em 2014 em um rápido sequestro em São Paulo.

André Santana, que trabalhava para o casal na época, disse que Monica confirmou que a quantia fazia parte da campanha presidencial de Dilma Rousseff.

Ele também relatou que foi responsável pelo recebimento de recursos umas ‘cinco ou seis vezes’.

A notícia foi veiculada no portal da Rede Globo.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube