Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Ex-vice-presidente da Caixa confirma propina e ´dedura´ empresas

Da Redação. Publicado em 7 de julho de 2016 às 0:17.

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

O ex-vice presidente da Caixa Econômica Federal, Fábio Cleto afirmou, em delação premiada, que recebeu R$ 7,3 milhões em propinas de dez empresas pela liberação de recursos do Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), destaca o jornal Folha de São Paulo.

O principal beneficiário do esquema, segundo Cleto, era o presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

As empresas citadas são Porto Maravilha, Haztec, Aquapolo, OAS, BRVias, Linhas Amarelas do Metrô (do Rio), Saneatins, LLX, Eldorado Celulose e Brado Logísticas.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube