Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Ex-primeira dama negocia delação premiada

Da Redação. Publicado em 26 de abril de 2017 às 0:01.

As negociações do acordo de delação premiada com o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ) emperraram no Ministério Público Federal e na Procuradoria Geral da República.

Isso porque o MPF encontrou outros meios de chegar aos fatos e às provas prometidas por Cabral.

Em compensação, a ex-primeira-dama, Adriana Ancelmo, estuda a possibilidade de fechar um acordo de colaboração sozinha, revela o jornal Valor Econômico.

Segundo procuradores, conversas com Adriana não seriam rejeitadas, mas, para isso, ao que parece, ela precisaria entregar ministros de tribunais superiores.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube