Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

Ex-primeira dama negocia delação premiada

Da Redação. Publicado em 26 de abril de 2017 às 0:01.

As negociações do acordo de delação premiada com o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ) emperraram no Ministério Público Federal e na Procuradoria Geral da República.

Isso porque o MPF encontrou outros meios de chegar aos fatos e às provas prometidas por Cabral.

Em compensação, a ex-primeira-dama, Adriana Ancelmo, estuda a possibilidade de fechar um acordo de colaboração sozinha, revela o jornal Valor Econômico.

Segundo procuradores, conversas com Adriana não seriam rejeitadas, mas, para isso, ao que parece, ela precisaria entregar ministros de tribunais superiores.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube