Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Ex-presidenciável quer encurtamento do prazo para a realização de eleição indireta

Da Redação. Publicado em 13 de dezembro de 2016.

A ex-senadora e líder do partido Rede Sustentabilidade, Marina Silva, voltou a defender a realização de eleições diretas – com a cassação da chapa Dilma/Temer no Tribunal Superior Eleitoral – como forma de devolver à sociedade a possibilidade de “repactuar” a relação com a classe política.

Em entrevista à Rádio CBN, ela propôs que seja discutida a mudança legislativa feita pela reforma eleitoral de 2015, que determinou eleição indireta se a vacância do cargo ocorrer a menos de seis meses do final do mandato, e não nos últimos dois anos, como já prevê a Constituição.

Marina disse que não sabe se será candidata à Presidência em uma próxima eleição e que não está em uma “cadeira cativa de candidata”.

 

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube