Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

Empresário preso revela acertos com o presidente do PSDB

Da Redação. Publicado em 22 de março de 2017 às 0:11.

Foto: Agência Brasil

Em delação premiada, executivos da Odebrecht, entre eles o ex-presidente do grupo, Marcelo Odebrecht, disseram que foi acertado com a empreiteira Andrade Gutierrez repasse de R$ 50 milhões ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) após as empreiteiras vencerem o leilão para construção da hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia, em 2007.

Seriam R$ 30 milhões da Odebrecht e R$ 20 milhões da Andrade, informa o jornal Folha de São Paulo.

Os delatores não esclareceram que os valores foram efetivamente pagos.

Aécio Neves nega. Em nota, disse ser “absolutamente falsa a pretensa acusação” do acerto, e que a obra foi realizada pelo governo federal, “sem qualquer influência do governo de Minas”.

 

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube