Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 05/12/2017

Uma nova ´minoria´

Sem acordo

O deputado estadual Anísio Maia foi enfático ao tratar, ontem, da especulada negociação entre a direção nacional do PT e partidos que votaram pelo impeachment da ex-presidente Dilma, visando coligações para as eleições do ano que vem, envolvendo, inclusive, a Paraíba.

“Nós temos a convicção e não admitiremos nenhuma aliança com partidos golpistas”, bradou, em entrevista à Rádio Campina FM.

Intransigente

Maia reforçou: “Não subo em palanque que tenha golpistas nem voto em golpistas. Estou falando em nome do PT da Paraíba. Não entramos nesse acordo. Isso é uma vergonha! Não teria nenhuma coerência, que é uma mercadoria rara na política brasileira”.

Pronto pra tudo

O parlamentar petista disse ainda que, no limite, a direção nacional pode até intervir no diretório estadual, mas a posição acerca de coligações não será alterada.

Aguardando

No tocante à aliança firmada com o governador Ricardo Coutinho (PSB) – que tem feito tentativas de se reaproximar do PMDB e tem o Democratas em sua base -, Anísio Maia disse que “estamos apoiando até o momento o PSB (…) Mas não estamos ao Deus dará”.

Aval

Pontualmente sobre o pré-candidato a governador socialista, João Azevedo, Anísio comentou que “é um candidato bom e preparado”.

Tratativas

No final de semana, o jornal O Estado de São Paulo noticiou o avanço das conversações entre o PSDB e PMDB acerca da eleição do ano que vem na Paraíba.

Estreia

Gustavo Franco, um dos mais renomados economistas do Brasil, que integrou a equipe de criação do Plano Real e foi presidente do Banco Central, é o mais novo colunista do PARAIBAONLINE.

´Timão´

Franco se soma ao leque de consagrados pensadores nacionais que já colaboram com este portal: ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Carlos Ayres de Britto; ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; ex-ministro da Educação, senador Cristovam Buarque; ex-ministro e ex-governador José Serra; deputado federal Roberto Freire (presidente nacional do PPS); cientista político Murillo de Aragão; ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega, entre outros.

Da boca de…

“… É impossível rifar o prefeito Romero Rodrigues, principalmente pela gestão que ele realiza…” (deputado Pedro Cunha Lima, PSDB, sobre o especulado ´escanteamento´ partidário de Romero para a sucessão estadual).

Clareou

Líder do Democratas na Câmara Federal, o deputado paraibano Efraim Filho afirmou ontem que “mudou o clima” na base governista acerca da votação da reforma previdenciária ainda este ano.

Comedido

“A sociedade está entendendo mais a importância de votar a reforma da Previdência. Mas até isso se configurar em votos tem um caminho pela frente”, situou Efraim.

 

Todos à mesa

No final de semana, o presidente Temer se reuniu com presidentes de 10 partidos da base aliada e as lideranças partidárias para tratar da referida reforma.

Aposta dobrada

O governo federal informou à Confederação Nacional dos Municípios que se a reforma da Previdência for aprovada, haverá uma liberação extra de R$ 3 bilhões em 2018, além dos R$ 2 bilhões que serão creditados no próximo dia 18 para as prefeituras brasileiras.

Passando a régua

Um balanço do ano político de 2017 na Paraíba e no Brasil é o tema de hoje no programa ´Ideia Livre Política & Economia´, da TV Itararé, com o professor da UFCG e cientista político Fábio Machado.

Canal 18.1 (HD) e 19 (analógico), e pela internet no endereço eletrônico www.tvitarare.com.br

Adeus

Ao cabo de aproximadamente 150 anos, a edição impressa do Diário Oficial da União deixou de circular.

Ela de novo

No final de semana, a ex-ministra Marina Silva se lançou novamente na disputa presidencial pelo seu partido, o Rede de Sustentabilidade.

Convocação

“Obviamente que não estaríamos aqui para dizer um não. O compromisso, o senso de responsabilidade, sem querer ser a dona da verdade, me convoca para este momento”, justificou Marina em encontro partidário.

“O compromisso e o senso de responsabilidade me convocam para este momento”, emendou.

Sem messianismo

Numa alusão velada às pré-candidaturas de Lula (PT) e de Jair Bolsonaro (PSC), que lideram no momento as pesquisas, Marina afirmou que “esse não é o momento para salvadores da pátria. A pátria é uma construção de todos nós”.

“As coisas grandiosas não são feitas por um único partido, de uma pessoa”, acrescentou.

Da boca de…

“… É a população brasileira a razão maior da existência das nossas Cortes de Contas…” (conselheiro Fábio Nogueira, do Tribunal de Contas da Paraíba, ao ser eleito, dias atrás, por aclamação, para presidir a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil – Atricon).

´Censo´

O prefeito pessoense Luciano Cartaxo (PSD) anunciou que fará, no final deste mês, uma reunião com todo o secretariado para organizar a reforma administrativa que irá fazer devido às eleições do próximo ano.

Ele quer a confirmação, por antecipação, de quem deseja disputar mandato eletivo em 2018.

“Quero meus privilégios”

Mesmo numa quadra histórica na qual os ministros de tribunais superiores falam muito mais pela mídia do que nos autos, causou surpresa as declarações verbalizadas ontem pelo ministro João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça, durante um seminário sobre ´atavismo judicial´, realizado em Brasília.

– Hoje o nosso juiz constitucional não pode ser pautado pelas minorias só. Aliás, eu já vi que quero meus privilégios porque o heterossexual agora está virando minoria. Não tem mais direito nenhum. Estamos criando isso – desabafou Noronha.

O PMDB/PB poderá ´empurrar´ as suas decisões para o mês de junho...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube