Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 24/02/2021

Um ´esparadrapo´ milionário

Frase-síntese

Do governador João Azevedo, ontem, em entrevista: “Este é o pior momento da pandemia. Muito pior do que estava antes”.

O ´ungido´

Terceiro colocado na consulta à comunidade acadêmica, o professor Antônio Fernandes Filho foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro como o novo reitor da UFCG, para um mandato de quatro anos.

Currículo

Antonio – lotado no campus de Cajazeiras – é formado em Farmácia com habilitação em Análises Clínicas pela UFPB, especialista em Patologia Clínica pela UMC/UNIFESP, Escola Paulista de Medicina, e doutor em Farmácia pela Universidade de São Paulo (USP), conforme informou a assessoria da instituição.

´Padrinho´

Nos meios políticos, a escolha do novo reitor está sendo creditada ao deputado Efraim Filho, líder do Democratas na Câmara Federal.

Companheiro

O professor Mário Eduardo, do campus de Campina Grande, é o novo vice-reitor da UFCG.

Fim de um ciclo

É a primeira vez na história da UFCG que o seu comando foge do controle do grupo que orbita em torno de seu reitor pioneiro, professor Thompson Mariz.

Da boca de…

“… Lucélio Cartaxo (PV) foi um candidato (a governador) fraco e desatencioso (…) Foi uma campanha natimorta…” (deputado estadual Manoel Ludgério, do PSD).

Conterrâneo

Sérgio Queiroz é o novo titular da Secretaria Especial de Modernização do Estado, órgão da estrutura da Secretaria-Geral da Presidência da República.

O nomeado é natural da Paraíba.

Avanço

O deputado Damião Feliciano (PDT-PB) recebeu alta da UTI no hospital em que se encontra internado em São Paulo.

Apêndice

Na mensagem de abertura do ano legislativo ordinário, ontem, o prefeito Cícero Lucena Filho (PP-JP) comunicou a criação da Secretaria Municipal de Integridade e Governança.

Linha de frente

Cícero também anunciou o líder e o vice-líder do governo na ´Casa de Napoleão Laureano´: Bruno Farias (Cidadania) e Bosquinho (PV), respectivamente.

Volumosa

Investido da condição de líder, Bruno Farias comentou que assume uma “bancada muito forte e sólida”, com “algo em torno de 24 ou 25 vereadores”.

Inseparável

O vereador Rostand Paraíba (PP) tem andado permanentemente na companhia de um exemplar da Bíblia.

A força do verbo

A sua intenção confessa é “sensibilizar” o prefeito Bruno Cunha Lima no que se refere às suas demandas.

Adeus

A coluna lamenta a morte do médico campinense Newton Figueiredo, um dedicado profissional da medicina por sucessivas décadas.

Vizinho

Aquino Leite (PSDB), ex-prefeito da cidade de Alagoa Nova – que não conseguiu a reeleição no ano passado -, foi nomeado secretário adjunto de Agricultura da prefeitura campinense.

CGL

A Câmara Municipal de Campina Grande vai criar uma Controladoria Geral do Legislativo, que será titulada por um servidor efetivo.

A função do novo órgão será monitorizar os procedimentos burocráticos.

Introdução

O Legislativo campinense deverá aprovar e implantar em breve a chamada ´Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar´ (CEAP), já em voga em outras casas legislativas do País, inclusive no Congresso Nacional.

Sob demanda

Com essa CEAP, parte dos recursos para custear a estrutura dos gabinetes será paga a partir da comprovação das despesas, como gastos com combustível, divulgação, serviços gráficos, entre outros.

Renovação

Mas já na sessão de hoje os vereadores campinenses deverão votar uma mensagem oriunda do Executivo que visa renovar o subsídio para o transporte coletivo de Campina Grande.

´Band-aid´

Essa ´socorro financeiro´ às empresas de ônibus já teve uma versão pioneira no ano passado.

O novo subsídio será apenas a postergação onerosa de um problema.

Contrapartida

Cabe pontuar que na mensagem do ano passado uma emenda adicionada na tramitação no Legislativo previa punição para as empresas que praticassem o desligamento de funcionários no período de vigência do subsídio.

Enxugamentos

Informações chegadas à Coluna, ainda extraoficiais, dão conta de que somente no mês de dezembro houve cerca de 60 demissões no sistema.

Revogação

O descumprimento dessa garantia de natureza trabalhista acima referida implicaria no ressarcimento, por parte de quem descumprisse, do subsídio obtido.

Campanha

Cabe igualmente recordar que a questão da mobilidade foi um tema recorrente no recente processo eleitoral, sem a apresentação de sugestões e/ou soluções com aparente consistência, salvo a cogitação do então prefeitável Bruno Cunha Lima de abrir um novo processo licitatório para o segmento.

Diagnóstico

Em linhas gerais, o sistema de transporte público de Campina Grande amarga no presente as adversidades decorrentes dos avanços tecnológicos que proporcionaram novas modalidades de transporte, mas também – e diria principalmente –os efeitos de uma deliberada retenção de investimentos.

Na largada

Quando da implantação do atual sistema de transportes públicos, décadas atrás, as condições postas propiciaram uma expressiva margem de lucro para as operadoras do sistema, ao ponto de muitas empresas terem se capitalizado para ingressar e investir em algumas capitais nordestinas, secundarizando a otimização da prestação de serviços na – vou usar uma expressão em moda – ´cidade-raiz´.

Perverso paradoxo

A equação de momento é o poder público municipal sendo praticamente compelido, no curto prazo, a compor com esse setor, diante do risco de ter uma cidade do porte de Campina sem o serviço de ônibus, equipamento indispensável para milhares de habitantes, inclusive o universo dos que se deslocam sem a necessidade de pagar a passagem.

No plano conceitual, num recorte de tempo maior, temos uma espécie de utopia capitalista: a apropriação ilimitada dos lucros e, quando surgem, a socialização dos prejuízos.

Afinal, de que lado ficou o deputado Gervásio Maia?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube