Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 28/04/2020

Um desqualificado no MEC

Tintas carregadas

Nos últimos dias, sob a inspiração da saída do ex-superministro Sérgio Moro, o jornal O Estado de São Paulo publicou um editorial com rara contundência sobre a situação do governo e do País.

Cabe pinçar alguns trechos.

Espírito…

“O governo de Jair Bolsonaro é conduzido sob o signo de Tânatos, o deus da morte na mitologia grega.

… Destruidor

Dedica-se desde sempre à destruição – primeiro, dos inimigos, reais e imaginários; depois, dos próprios aliados, inclusive ministros que lhe devotavam lealdade; e, afinal, a si mesmo, inviabilizando-se como presidente. É preciso interromper essa escalada antes que Bolsonaro destrua, por fim, o próprio País.

Comportamento

“Com esse espírito destruidor, trata como intocáveis ministros néscios (incompetentes) que se dedicam dia e noite a encontrar comunistas embaixo da cama, enquanto inviabiliza o trabalho dos ministros e assessores que, ao contrário, prezam o cargo que ocupam e têm útil e valiosa colaboração a dar.

Atitudes…

“Bolsonaro substituiu o ministro da Saúde (Mandetta) porque este não aceitava desrespeitar as orientações da Organização Mundial da Saúde para enfrentar a pandemia de covid-19; desmoralizou sua equipe econômica ao resistir a fazer reformas e ao flertar com a irresponsabilidade fiscal.

… Em cadeia

“Permitiu a fritura da ministra da Agricultura (Tereza Cristina) porque esta se queixou dos ataques bolsonaristas à China, principal cliente do agronegócio brasileiro; e agora tudo fez para provocar a saída do ministro da Justiça porque este se recusou a permitir que ele interferisse politicamente no comando da Polícia Federal.

Basta

“As vozes responsáveis do País, inclusive de dentro do governo, têm a obrigação de manifestar seu total repúdio, deixando claro que os limites da lei e da decência há muito foram ultrapassados”.

Preservar a urna

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador José Ricardo Porto, reiterou, ontem, a defesa da realização das eleições este ano, mesmo com retardamento na data fixada pelo calendário eleitoral.

Restrições

Mas o desembargador entende que será preciso suspender eventos de campanha que envolvem grandes públicos, como carreatas, passeatas e (ainda fazem) comícios.

Da boca de…

“… O homem começou a pensar que era o centro do universo (…) E o homem é frágil, precário e dependente…” (Luiz Felipe Pondé, filósofo, em entrevista ao canal CNN Brasil, no final de semana).

´Prelo´

O vereador Luciano Breno, relator da CPI dos Combustíveis, sinalizou que pretende entregar esta semana o relatório final à mesa diretora do Legislativo campinense.

Sem dinheiro

Até a última quinta-feira, 2.015 cidades (36,2% do total) estavam impedidas de receber os repasses feitos pelo governo federal para reduzir os impactos do novo coronavírus nos municípios, por não terem entregue as chamadas “matrizes de saldos contábeis”, conforme o jornal Valor Econômico.

O que é

Essas ´matrizes´ constituem um conjunto de informações financeiras, patrimoniais e orçamentárias que devem ser divulgadas à União.

Indícios

O jornal Folha de São Paulo noticiou que a Polícia Federal, segundo investigação sigilosa conduzida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, identificou o filho do presidente e vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) como um dos articuladores de esquema criminoso de fake news.

´Melou´

O projeto do deputado paraibano Wellington Roberto (PL), que tinha como objetivo principal determinar a realização de empréstimos compulsórios junto a empresas com patrimônio superior a R$ 1 bilhão, caminha para o ´vinagre´.

Como seria

Essas empresas teriam que emprestar à União o equivalente a 10% do lucro registrado no ano passado.

Acelerar

No começo deste mês, o projeto teve a tramitação acelerada na Câmara Federal.

O deputado Arthur Lira (AL), líder do PP, apresentou um requerimento para a colocação em pauta da matéria.

Frear

Nesse percurso, ´pintou´ a reaproximação do grupo ´Centrão´ (PP, PSD, PL, PTB, Republicanos, entre outros) do governo Bolsonaro.

Uma das consequências deverá ser o arquivamento da proposta.

Da boca de…

“… O Sérgio Moro é um cara muito bom e excepcional. Eu acho que ele vinha fazendo um bom trabalho. Mas relação é relação, né…” (vice-presidente da República, Hamilton Mourão, sobre a saída do ex-ministro da Justiça).

Adequação

O deputado-presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), avalia que a prorrogação dos mandatos dos prefeitos e vereadores, dentro das excepcionais circunstâncias atuais, viria “ao encontro do momento em que estamos vivendo de pandemia, que assusta a todos nós paraibanos e ao mundo inteiro também”.

´Tudo junto´

“O ideal seria eleição a cada quatro anos. É muito caro para o país uma eleição de dois em dois. O certo seria uma eleição de quatro em quatro anos com todos os níveis. Essa é a minha tese e o que eu defendo há bastante tempo”, contextualizou Galdino.

Sem precedentes

A Caixa Econômica Federal informou, na noite de ontem, que se aproxima de 50 milhões o número de pessoas cadastradas para o recebimento do auxílio emergencial do governo federal (R$ 600).

Aí de nós

A descompostura e despreparo pessoal e para o cargo do ministro da Educação, Abraham Weintraub, salta à vista.

Eis uma de suas recentes postagens na rede social Twitter: “Os governadores devem planejar o retorno das aulas, tirar as nádegas das cadeiras e rebolar atrás do prejuízo”.

É preciso cantar

“Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior, de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem”

(banda Legião Urbana)

Silêncio na ´Calvário´...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube