Fechar

logo
logo

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 26/06/2021

“Tochas na escuridão”

Esmola X partilha

O Vaticano já disponibilizou às ´igrejas particulares´ (dioceses) a mensagem do papa Francisco alusiva ao ´Dia Mundial dos Pobres´, que será celebrado no próximo dia 14 de novembro.

No texto, Francisco sublinha que “Jesus não só está do lado dos pobres, mas também partilha com eles a mesma sorte”.

“Um gesto de beneficência – grifa – pressupõe um benfeitor e um beneficiado, enquanto a partilha gera fraternidade. A esmola é ocasional, ao passo que a partilha é duradoura. A primeira corre o risco de gratificar quem a dá e humilhar quem a recebe, enquanto a segunda reforça a solidariedade e cria as premissas necessárias para se alcançar a justiça”.

Indagação

O papa questiona mais adiante: “Como se pode dar uma resposta palpável aos milhões de pobres que tantas vezes, como resposta, só encontram a indiferença, quando não a aversão?”

Egoísmo

“Um estilo de vida individualista é cúmplice na geração da pobreza e, muitas vezes, descarrega sobre os pobres toda a responsabilidade da sua condição”, ressalta Francisco.

´Agora é Lula´

“Bolsonaro está muito à vontade porque ele fala todas as besteiras, nós ficamos criticando o dia inteiro as besteiras, a imprensa reproduz as besteiras que ele fala, e quem está governando o país é o (Arthur) Lira, presidente da Câmara; é o (Rodrigo) Pacheco, presidente do Senado; e o (Paulo) Guedes, que vão vendendo o Brasil”.

Em entrevista à ´TvPT´.

Novos tempos

Diante dos custos crescentemente elevados, Portugal e Espanha se juntaram para lançar uma candidatura conjunta para sediar a Copa do Mundo de 2030.

Uvas

O ´conglomerado´ de marcas de cerveja – a multinacional Ambev – passa a investir pesadamente no mercado de vinhos no Brasil.

Pega mal

Do ponto de vista retórico, para o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) “estar trabalhando sobre eleições num momento de pandemia não fica bem”.

Desdobramento

“Eleição para mim é consequencia de trabalho. Eu não me preocupo com eleição, mas em trabalhar”, adendou.

Da boca de…

“… A pessoa que se nega a usar uma máscara é algo inconcebível…” (governador João Azevedo).

Reafirmação

Em visita ontem a João Pessoa, o ministro paraibano da Saúde, Marcelo Queiroga, reiterou a convicção de que até o final de setembro toda a população brasileira terá tomado a 1ª dose da vacina contra a Covid-19, e que na virada do ano todos os brasileiros com mais de 18 anos estarão imunizados com as duas doses.

Atrás de votos

Ex-procurador-geral da República, por sinal bastante criticado, Rodrigo Janot começa a anunciar aos amigos e interlocutores que pretende disputar um mandato eletivo em 2022, por intermédio do Podemos.

Garimpo

Se compartilhar já é algo conceitualmente divino, imagine compartilhar o que é belo e transcendental.

É o caso da notável escritora Martha Medeiros, em recente crônica do jornal O Globo.

Eis um diferente ´sábado é dia de poesia´.

Brotando

“Tenho percebido que a poesia anda visitando as redes sociais com uma frequência que não havia antes. Atores e atrizes dizem poemas, e os versos se espalham.

Florescendo

“Poesia, veja só. Aquela flor atrevida que surge entre os tijolos dos muros e as lajes das calçadas, e que altera a visão do mundo.

Acaso

“Não foi combinado, ninguém propôs, não marcaram dia e hora para começar. Começou. Alguém lembrou de (Manoel) Bandeira numa terça, outro puxou uma Cecília Meireles na quarta, um Manoel de Barros veio à tona sexta-feira, e das páginas os versos saltaram para o universo digital, que estava mesmo precisando de algo mais depurado do que a bruta troca de ofensas entre dois lados.

Reação

“A poesia como resposta ao que não nos foi perguntado: merecemos uma sociedade tão desnutrida de valor, tão árida, estéril e nefasta?

Luz

“Em meio a um país fúnebre, contando mortos e motos, sendo infectado diariamente pela estupidez e assistindo a ascensão da miséria intelectual como se fosse um triunfo, vem a poesia em nosso socorro e traz um pouco de luz. Palavras cintilantes, como vagalumes aqui e ali, acendendo tochas na escuridão.

Sopro

“A poesia, que tantos acham difícil e solene, vem juntar-se aos nossos estilhaços, às nossas lives e postagens, vem nos acariciar e sussurrar belezas, vem promover um breve instante de comoção, vem preencher o vazio e espantar essa esquisita friagem vinda da região central do Brasil, esse espírito glacial que intenciona trocar nossos vestidos vaporosos e camisas coloridas por fardas que enrijecem o caminhar, a liberdade dos passos.

Mágica

“Vem ela, a poesia, colocar-se a postos para esse confronto de delírios, ofertando, em contraste, sua magia. Em vez de lunática, inteligentemente anárquica; em vez de pirada, inspirada. Esparramando bom astral por onde passa.

Por todos…

“A poesia está no varal e suas roupas penduradas, no semblante da moça dentro do ônibus, num guarda-chuva preto atrás da porta, na chama da vela que treme ao abrirem uma janela, nas mãos dadas dentro do cinema.

… Os lugares

“A poesia está no resto de bolo na geladeira, no vapor que embaça o espelho depois do banho, na cama desarrumada do quarto. Seu filho dormindo também é um poema.

Só um aceno

“A poesia não é oculta, e sim discreta. Basta um convite do olhar e ela se revela, para então se esconder novamente atrás da pressa, do tédio, do desencanto, do barulho.

“Poesia milagreira”

“Hoje estou aqui para saudar a reação espontânea de tantos internautas, necessária resistência diante da tentativa de arrancarem de nós o que é sentimental, deixando-nos apenas palavras rudes e paredes com marcas de tiros.

“A poesia, milagreira, retorna. Flor que brota no cimento, e que, insolente e bela, nos salva, nem que seja por um minuto, aquele respeitoso minuto de silêncio”.

O PDT/PB está empolgado com a candidatura de Ciro Gomes?...

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube