Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 10/03/2021

´Tamancada´ no ´capitão´

Outro recado

No dia de ontem, o governador João Azevedo voltou a abordar a ´rota de colisão´ com a prefeitura campinense.

“Não há penalização de Campina. Ele (prefeito Bruno Cunha Lima) tem que entender o papel importante que a cidade tem para preservar a vida de muitas pessoas. Não é olhando para o próprio umbigo que ele vai enfrentar essa questão da pandemia”.

Contratualizado

Avançou o governador: “Contratualmente, Campina tem que prestar serviços para 70 municípios, e recebe recurso para isso. Não é favor do prefeito”.

Uso incondicional

“Aonde tiver um leito de UTI e tiver alguém precisando, vai ter que ser transportado para onde esse leito existir”, seguiu Azevedo.

Equívoco

O governador sequenciou: “Eu diria que foi uma fala inconsequente, considerando que baseado em números errados, baseado em números que não são verdadeiros”.

Capital

“Ele (Bruno) citou que João Pessoa teria reduzido leitos e estaria com 75 leitos. Na verdade, a capital tem 212 leitos de UTI, mais do que tinha na época do pico da pandemia, que eram 192 leitos”, enfatizou João.

Lacunas

De sua parte, o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, comentou que “ver o que está ocorrendo no Hospital Pedro I (municipal)… que estão precisando de monitores. Inclusive, solicitaram a seção de 10 monitores e 10 respiradores na semana passada”.

Leitos a menos

“Isso é sintomático: eles (PMCG) não dispõem desses 50 leitos com todos os equipamentos e com plantonistas médicos, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, enfermeiros. Para que um leito de UTI funcione requer essa estrutura”, acrescentou.

Braços cruzados

Servidores da Dataprev – a empresa do governo federal que processa os pagamentos do INSS e do auxílio emergencial – paralisaram as atividades em cinco estados, entre os quais a Paraíba.

Ligeiros

Os postos de abastecimento incorporaram de imediato o reajuste mais recente anunciado pela Petrobras nos preços dos combustíveis.

Da boca de…

“… O vírus vive dos nossos encontros; vive da interação humana…” (médico Daniel Beltrammi, secretário executivo de Saúde do Estado, em entrevista ontem no programa Ideia Livre da TV Itararé – canal 18.1).

Tucanato

O PSDB marcou para o dia 17 de outubro a realização das prévias internas para escolha do candidato a presidente da República em 2022.

Deferência

A médica (oftalmologista) Alice Maranhão, filha do ex-senador José Maranhão, disse em entrevista que “confesso que fui tomada de surpresa ao fazer parte da direção (comissão provisória) estadual do MDB. Mas vejo como uma forma de homenagem que o senador Veneziano Vital quis prestar ao meu pai, ao indicar o meu nome e o do meu primo (ex-deputado Benjamin Maranhão)”.

Incógnita

Indagada se cogita concorrer a uma mandato eletivo no ano que vem, Alice respondeu que “não sei se eu ou algum dos meus irmãos irá disputar algum cargo político. Não tivemos essa conversa em casa”.

Da boca de…

“… Minha dúvida é se é para absolver Lula ou Moro. Lula pode até merecer. Moro, jamais!…” (deputado Arthur Lira, presidente da Câmara Federal, sobre a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, de considerar incompetente a Vara Federal de Curitiba/PR para julgar diversas ações da Operação Lava Jato).

Agenda

Está prevista para amanhã a realização do processo licitatório para a gestão da verba de divulgação da Câmara Municipal de Campina Grande.

Da boca de…

“… A Covid virou uma ´roleta russa´…” (médico Jaime Araújo, que atua no Hospital Universitário de Campina Grande).

Muito tarde

“Todos viram como foi preparado esse julgamento (de Lula). Portanto, essa decisão é tardia porque ele não repara o que ex-presidente sofreu. Ele passou mais de um ano preso, sua família passou constrangimentos e ele deixou de ser candidato a presidente. O prejuízo foi enorme e, naquela época, (o ministro Edson) Fachin estava moco aos reclames da defesa de Lula”.

Comentário do deputado estadual Anísio Maia (PT-PB).

Sem temor

“O presidente Bolsonaro vai enfrentar o ex-presidiário Lula no melhor cenário possível, e vai ganhar no primeiro turno. Não tem para que ter medo de Lula, se a população já conhece como ele governou”.

Deputado Cabo Gilberto (PSL-PB).

Muito além…

O Congresso Nacional aprovou emendas ao Orçamento Geral da União deste ano (ainda não aprovado) da ordem de R$ 47 bilhões – muito além do limite legal.

… Do limite

“Não há condições e possibilidade de se cumprir essa previsão. Não se pode desconhecer os rigores que devemos ter”, comentou o senador Veneziano Vital (MDB) em entrevista ao ´Estadão´.

Desastre palaciano

O ´V´ aproveitou a entrevista para ´cravar´ algumas farpas no presidente Jair Bolsonaro.

Segundo ele, a condução da pandemia “foi desastrosa desde o início e o que estamos colhendo foi algo devastador”.

– Desde março (do ano passado), observamos nas palavras do presidente da República o descaso, o desleixo, a atitude anticristã, tratando a pandemia como uma gripezinha – asseverou Veneziano.

Os filhos de Lula e Bolsonaro são prodigiosos na ´arte´ de enriquecer...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube