Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 07/04/2020

Surrealismo puro

´Estrela´ na mira

O vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill de Goés, deu parecer pela admissibilidade de ação de cancelamento de registro de partido político do Partido dos Trabalhadores.

De acordo com o jornal ´Estadão´, a manifestação foi apresentada no último dia 27, no âmbito de requerimento que alegava que “no curso da Lava Jato restou demonstrado que o PT recebeu recursos de origem estrangeira”.

Embasamento

“Há indícios suficientes nos autos a demonstrar que o PT recebeu recursos provenientes de pessoas jurídicas sediadas no exterior, circunstância que autoriza o prosseguimento do feito com esteio no art. 28 da Lei dos Partidos Políticos, com o início da fase de instrução probatória”, pontifica o documento.

Interações

O prefeitável Bruno Cunha Lima disse que a série de contatos que precedeu a sua filiação ao PSD foi decisiva para a sua nova opção partidária.

“O que pesou foram os diálogos, a política é feita dialogando”, grifou.

Dar um…

Ele ressalvou que o momento é para a política ficar de lado, passada a obrigatoriedade do calendário eleitoral no que diz respeito à data-limite para filiação.

… Tempo

“Haverá o momento de construir com o próprio partido, com a cidade, setor produtivo, entendendo que as pessoas não querem falar de política nesse momento”, assinalou.

Permitida

O ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que o governo federal já autorizou a antecipação de feriados nessa fase em que muitas cidades estão em isolamento social e o comércio está fechado.

Oxigenação

“Nós vamos precisar disso (do comércio funcionando nos feriados, quando essa fase passar), até do ponto de vista de uma ressurreição espiritual”, afirmou Guedes.

Fora das grades

O Departamento Penitenciário Nacional informou que cerca de 30 mil presos devem ter sido liberados para prisão domiciliar por decisões judiciais decorrentes da recomendação dada pelo Conselho Nacional de Justiça por conta da pandemia do novo coronavírus.

Repercussão

O ´Estadão´ divulgou a sanção do projeto, por parte do governador João Azevedo (Cidadania-PB), do projeto do deputado Wilson Filho (PTB) que multa em até R$ 10 mil quem compartilhar em rede social notícias falsas sobre o novo coronavírus ou qualquer outra pandemia no Estado.

O detalhe

O jornal pondera que especialistas avaliam que o texto abre brechas à liberdade de expressão.

Negativa

Michel Henrique – filho do deputado estadual João Henrique e presidente do Pros na Paraíba – garantiu que o vereador campinense Márcio Melo (ex-PSDC) não se filiou ao seu partido, como foi divulgado ontem neste espaço.

Desconhecido

Em áudio divulgado em redes sociais, Michel se refere ao parlamentar campinense como “um tal de um vereador. A única referência que tenho dele é de que é parente de Romero (Rodrigues).

Sem contato

“Eu não o conheço nem nunca tratei pessoalmente ou por telefone. Não tenho interesse nenhum em termos políticos com ele (Márcio)”, reforçou Michel, acrescentando que “essa informação não procede, de forma alguma”.

Situando

A referida filiação foi informada pela assessoria do vereador.

Da boca de…

“… O ministro Mandetta (Saúde) tem sido um herói no enfrentamento à pandemia do coronavírus. Com suas explicações técnicas, embasadas na ciência, conquistou o respeito e a confiança das famílias brasileiras. Mandetta tem o apoio total, absoluto e irrestrito do Democratas. O caminho que ele apontar será também o nosso…” (deputado paraibano Efraim Filho, líder do DEM na Câmara Federal, reiterando o apoio ao ministro que tem sido bombardeado pelo presidente Bolsonaro).

Na ponta do lápis

O vereador pessoense (licenciado) Durval Ferreira (que trocou o PP pelo PL – antigo PR) estimou ontem que o seu novo partido deverá eleger de três a quatro vereadores nas eleições municipais.

Aclive

As queixas contra planos de saúde subiram 35,5% entre 25 de fevereiro e 25 de março na comparação com o mesmo período do ano passado, informou o jornal O Globo.

Dando o…

O vereador campinense Galego do Leite, presidente do Podemos na Paraíba, anda indignado com a postura do vereador Anderson Maia (PSB), que renovadamente faz restrições ideológicas ao seu partido.

… Troco

“O Podemos não faz parte da base do governo Bolsonaro. O Podemos não tem um cargo no governo federal e não quer. O partido vota de forma independente. O Podemos foi um dos primeiros partidos a votar no governador João Azevêdo. O Podemos só serve pra votar e não serve pra ser votado? Isso é uma incoerência”, rebateu o Galego.

Premissa

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, decidiu que os acordos de redução de salário e jornada de funcionários de empresas privadas apenas terão validade após a manifestação de sindicatos.

A que ponto…

É inimaginável que um País, de dimensões continentais e vivendo crescentemente o drama de uma pandemia, seja compelido a assistir, praticamente impotente, um debate quase diário sobre a continuidade ou não no cargo justamente de seu ministro da Saúde, cuja atuação essencialmente técnica é avalizada pela maioria da população.

… Chegamos

Da mesma maneira, é impensável um ministro da Educação, sem qualquer admoestação do presidente, utilizar redes sociais para tripudiar do principal parceiro comercial do Brasil – a China -, que também é o país que deverá fornecer os equipamentos e insumos necessários ao combate eficaz ao coronavírus.

É preciso cantar

“Vamos precisar de todo mundo

Um mais um é sempre mais que dois

Pra melhor juntar as nossas forças

É só repartir melhor o pão

Recriar o paraíso agora

Para merecer quem vem depois”

(compositor Beto Guedes)

Que garantias o PSD deu a Bruno Cunha Lima?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube