Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 17/11/2020

“Sou incapaz de perseguir”

Os extremos

O partido Cidadania, comandado (na prática) na Paraíba pelo governador João Azevedo, teve o melhor desempenho no Estado nas eleições do domingo: elegeu 40 prefeitos.

Em seguida, o êxito foi o do PSDB, com 27 chefes de executivos eleitos e 211 vereadores. O Democratas elegeu 25.

Na outra ponta, o PSB conquistou quatro prefeituras, o PT apenas uma e o PSL zerou.

Estigma

Os envolvidos mais diretamente com a Operação Calvário não lograram êxito na eleição: Ricardo Coutinho, em João Pessoa, e a prefeita do Conde, Márcia Lucena, ex-secretária de Educação do Estado.

Da boca de…

“… Eu não tenho eleitores, eu tenho amigos. Vocês estão liberados para escolher no segundo turno em quem vai votar…” (ex-prefeitável de João Pessoa e deputado estadual Wallber Virgolino, do Patriota).

Súplica

Em vídeo divulgado ontem, o ex-candidato a prefeito e empresário Artur Bolinha (PSL) verbalizou que pedia a Deus “que ilumine o prefeito eleito Bruno (Cunha Lima) e o vice eleito Lucas (Ribeiro) para que possam fazer um grande governo e realizar tudo aquilo que se comprometeram ao longo da campanha para que a nossa cidade, principalmente as pessoas mais carentes, possam, de fato, terem as suas vidas melhoradas. Elas precisam muito”.

Freio

A juíza Andreia Silva Matos, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campina Grande, determinou “a aplicação, na remuneração dos procuradores do Município de Campina Grande, do teto referente ao subsídio dos desembargadores do Tribunal de Justiça”.

Da boca de…

“… Eu estou emprestando trabalho para contribuir. Vamos somar e trabalhar muito…” (Lucas Ribeiro, vice-prefeito de Campina Grande).

Carta aberta

Eis dois trechos da nota divulgada ontem pela ex-prefeitável campinense Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos) acerca do resultado eleitoral do domingo.

De sobreaviso

“É momento de parabenizar os eleitos, desejar-lhes boa sorte e dizer que estaremos permanentemente acompanhando e, quando necessário, cobrando o cumprimento do que foi prometido, sempre com o propósito de proporcionar dias melhores e mais dignos ao povo campinense.

Leitura

“O resultado da eleição mostra a força das oposições em Campina Grande, e é justamente esta realidade que emergiu das urnas neste domingo que amplia mais ainda a responsabilidade que teremos de continuar participando, ativamente, da vida política de nossa cidade”.

Dia…

“Quero cumprimentar e parabenizar Cícero Lucena e a Nilvan Ferreira pela passagem para o segundo turno. E também aos demais candidatos que disputaram uma eleição tão concorrida em um momento tão dramático da vida democrática do nosso país”.

… Seguinte

Foi o que verbalizou publicamente, ontem, a ex-candidata a prefeita de João Pessoa pelo PV, Edilma Freire.

Prolongamento

Ao se reportar à sua companheira de chapa Mariana Feliciano, Edilma externou o desejo de que “possamos estar juntas novamente”.

Da boca de…

“… Desejo sorte a ambos no segundo turno (Cícero Lucena e Nilvan Ferreira) e torço para que protagonizem uma disputa de alto nível. Nossa cidade merece isso…” (ex-prefeitável Raoni Mendes, do DEM/JP).

Régua

O Avante elegeu seis prefeitos, 12 vice-prefeitos e 69 vereadores nas eleições municipais.

Rumo certo

Eliane Galdino, presidente estadual da legenda e prefeita eleita de Pocinhos, afirmou que “nosso objetivo é fazer o Avante protagonista na Paraíba e o êxito obtido nas eleições municipais é a prova que estamos no caminho certo”.

Maiúscula

“Foi uma grande vitória”.

Eis a expressão do prefeito Romero Rodrigues (PSD) sobre a eleição de Bruno Cunha Lima no 1º turno.

Crescimento

“O partido se fortaleceu na Paraíba, e a materialização disso é a eleição de Campina, que por si é um sinal inequívoco de fortalecimento da legenda”, assinalou RR.

Precoce

Para Romero, “é muito cedo e prematuro para refletir sobre as eleições de 2022”, porque a viabilização de candidaturas dependerá de uma “conjunção de fatores”.

No horizonte

Objetivamente sobre a hipótese de disputar o governo estadual, o prefeito disse que “o PSD tem a pretensão de disputar cargos. Mas vamos conversar com os aliados políticos e a base aliada”.

Peregrinação

Logo após deixar o comando administrativo da PMCG, ele iniciar um processo de visita às cidades paraibanas.

Cúpula

Romero informou que conversou com Gilberto Kassab (presidente nacional do PSD) “sobre o que a direção nacional pensa sobre o partido na Paraíba”, a partir do novo cenário eleitoral.

Topa

“Se for convocado pelos aliados, se for da vontade de Deus e do povo; se houver sintonia e concordância, eu não fugirei a esse desafio”, respondeu sobre a hipótese de disputar o governo estadual.

Seis mãos

Ainda ontem, o prefeito campinense se reuniria com os deputados Pedro Cunha Lima (presidente do PSDB/PB) e Ruy Carneiro (ex-prefeitável e presidente do PSDB/JP) para tratar do 2º turno da sucessão pessoense, e “tentarmos nos posicionar de forma conjunta”.

Pronunciamento

Bruno Cunha Lima concedeu no dia de ontem a sua primeira entrevista na condição de prefeito eleito.

Leia alguns trechos a seguir.

Agradecimento

“A palavra que norteará esses quatro anos é gratidão. Em primeiro lugar, a Deus. A segunda palavra é de gratidão à cidade de Campina Grande (…) A vitória será retribuída com muito, mas com muito trabalho.

“De coração”

“E faço um agradecimento sincero, com todo o meu coração, ao prefeito Romero Rodrigues. A minha gratidão pela amizade. A relação política, ao longo da vida, é circunstancial. Mas com Romero é uma amizade sólida (…) Vamos dar sequência a um grande trabalho que Romero tem desenvolvido.

Chamamento

“Convocação Campina, para que possamos virar a página do processo eleitoral e trabalhar em unidade, independente da escolha que foi feita (nas urnas).

Sinalização

“A cidade deu uma demonstração de que quer olhar para frente. E é isso que nós vamos fazer (…) Vamos fazer uma transição de forma muito parceira e amiga.

Equipe

“Eu prezo sempre pela tecnicidade. E isso vai ser preservado.

Mesa diretora

“Eu confio na capacidade de a própria Câmara tomar as suas decisões (…) Quero me reunir com os atuais vereadores e os vereadores eleitos.

Convites

“É natural que muitos dos que fazem parte do governo (atual) estejam conosco ajudando a gerir a cidade.

Intactos

“Não vou abrir mão dos meus valores. Manterei a sinceridade nas minhas relações.

Suprapartidário

“Vou fazer um convite aos 23 vereadores eleitos para uma conversa, independente do partido pelo qual foram eleitos. Nós queremos menos ´ramearam´ político e mais trabalho e resultados (…) Queremos que o que nos une, a cidade de Campina Grande, seja maior do que as nossas diferenças.

Meta

“Com 100 dias de governo, espero apresentar resultados positivos na geração de emprego e na dinâmica econômica da cidade.

Estado

“Torço para que Campina seja enxergada. Há praticamente 10 anos não se tem um único convênio do Estado com Campina. Que a cidade saia ganhando, independente da minha posição de prefeito.

Modernização

“A última reforma (administrativa) que Campina viveu foi em 2004. São mais de 16 anos. E é necessário que a gente tenha a atualização da máquina administrativa para a realidade dos nossos dias”.

“Não sou homem para isso”

Ainda Bruno: “Mas garanto que não haverá ´caça às bruxas´. Meu trabalho tem que ser de ajudar a ganhar o pão, jamais o de tirar o pão da mesa. Não sou homem para isso. Como cristão, sou incapaz de perseguir quem quer que seja, muito menos num governo (que sucederá) de um aliado. Mas vamos agregar tecnologia para ter serviços públicos mais rápidos”.

Ex-prefeitável de volta ao ´Diário Oficial do Estado´?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube