Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 08/12/2018

Só mudou o ´técnico´

Desencanto

Ao comentar a decisão – ainda não proclamada, mas com maioria já formada – do Supremo Tribunal Federal de legitimar o indulto natalino assinado no ano passado pelo ex-presidente Michel Temer (considerado o mais elástico e generoso entre os dados por todos os seus antecessores), o procurador da República Deltan Dallagnol, que atua na Operação Lava Jato, comentou que “esse indulto transforma o trabalho da Lava Jato e as penas de corrupção numa piada”.

Brado

Presidente licenciado da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande, o empresário Artur Bolinha Almeida externou ontem “o nosso repúdio contra essa escalada de ações criminosas, feitas de maneira açodada e que têm provocado imensuráveis prejuízos materiais e psicológicos”, numa menção ao incêndio a uma das filiais do Grupo Rede Compras.

´Mutirão´

O empresário defendeu uma mobilização “na direção de uma aglutinação do movimento classista campinense para a tomada conjunta de posição, no sentido de cobrar rapidez em medidas administrativas que façam cessar esse estado de pânico no qual estamos sendo mergulhados”.

´Coquetel´

“A junção de uma crise econômica grave e prolongada com a existência de um ambiente de insegurança é um coquetel difícil de ser suportado pela cidade e pelo empresariado de forma prolongada”, asseverou o dirigente da CDL.

Apelo

Artur Bolinha entende que já passa da hora de uma ação governamental estruturada e científica para encarar a bandidagem, algo que deve ser reivindicado o quanto antes junto ao governador eleito João Azevedo, “de forma objetiva e sem qualquer conotação de natureza partidária”.

De quem é…

O prédio da escola CAIC (bairro das Malvinas) está ´caindo pelas tabelas´ em Campina Grande, provocando, inclusive, acidentes com alunos.

… A culpa

Em sessão da Câmara campinense, esta semana, o vereador Anderson Maia (PSB) alegou que o governo estadual ainda não providenciou a recuperação do local devido à necessidade de “autorização e contrapartida” do governo federal.

Silêncio

Ninguém defendeu o governo Temer.

Sintonia

Com a desativação do sinal analógico de TV em Campina Grande e cidades vizinhas, no último dia 5, o sinal da TV Aparecida (emissora católica) passou a ser gerado no canal 5.1.

Da boca de…

“… Não quero ser a média de ninguém. Eu sou o que eu acredito…” (governador Ricardo Coutinho, em sua passagem este ano por Campina Grande).

Slogan

´Campina Folia´. Eis a marca do carnaval fora de época de Campina Grande no ano que vem.

Vento…

Foi auspiciosa a sensação recolhida na solenidade de posse da nova diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande, ocorrida esta semana e que reconduziu à presidência o empresário Marcos Procópio.

… A favor

Todos os que fizeram uso da palavra sinalizaram positivamente em termos de expectativas econômicas para o ano que vem.

Avançar

“A redenção passa pelo setor de serviços. É hora de juntar forças”, verbalizou Divaildo Júnior, presidente do SindCampina.

´Azulou´

Fábio Rocha, da empresa Compor Engenharia, revelou aos presentes que “a quantidade de contratos pós-eleição praticamente dobrou. Vejo uma movimentação muito grande”.

Horizonte

Enoque, gerente do Banco do Nordeste em Campina Grande, avaliou que “o cenário econômico é positivo para os investimentos. Tenho a expectativa de que 2019 será um ano de crescimento”.

Fluindo

O empresário Luiz Alberto Leite, ex-presidente da entidade, asseverou que “a perspectiva para 2019 é até impressionante. Resta batalhar para que as coisas aconteçam”.

Expansão

Na ocasião, ele revelou a autorização dada pelo Banco Central para que a cooperativa de crédito ´Garante Paraíba´ tenha atuação em todo o território nordestino, “estimulando os negócios e dando aval a novos empreendimentos”.

Foco

Marcos Procópio afirmou que pretende, no novo mandato, acelerar no binômio “empreendedorismo e emprego”, que significa “o resgate da cidadania”.

Reconhecimento

O dirigente classista anunciou que a partir de 2019 a Associação Comercial passará a condecorar pessoas com a ´Medalha Mérito e Cidadania´.

“Chega de só homenagear cantor e jogador de futebol”, bradou.

Sábado é dia de poesia

“… A beleza no rio do meu canto/ A beleza em tudo o que há no céu/ Porém nada com certeza é mais bonito/ Quando lembro dos olhos do meu bem…” (Geraldo Azevedo).

Prolongamento

Como já era esperado, a equipe do governador eleito João Azevedo reproduz, em ampla escala, a do governador Ricardo Coutinho.

Cara nova

Uma das novidades é a criação da Secretaria Executiva de Gestão Hospitalar, que será comandada pelo médico campinense Geraldo Medeiros, atual diretor do Hospital de Trauma Dom Luís Fernandes.

Descentralização

Ficará na sua alçada a gestão de 34 hospitais, 4 Upas, a rede de hemocentros e hemonúcleos do Estado, bem como os hospitais psiquiátricos e a área de diagnóstico de oncologia.

O detalhe

Ficará na atribuição de Geraldo Medeiros indicar o seu sucessor no ´Trauma´ campinense.

Balizamento

Ao anunciar ontem os nomes que vão auxiliá-lo, João Azevedo sublinhou que fez as escolhas com o intuito “manter a unidade de um time que jogou muito bem, e sob o comando do governador Ricardo Coutinho deu os resultados que a Paraíba esperava. A Paraíba reconheceu isso através do processo de eleição, numa campanha extremamente bonita”.

“Missão”

“Na Paraíba a democracia se fez presente na sua forma mais vigorosa. Foi um reconhecimento da força do trabalho e da forma de fazer gestão que foi instalada em 2011 com a chegada de Ricardo Coutinho”, enfatizou Azevedo, para emendar que “dar continuidade a esse trabalho, além de uma missão, é a obrigação de um conjunto de pessoas que se envolveram na construção desse projeto”.

Sequência

“Por isso, esse anúncio não traz novidade, até porque é importante entender que é um projeto de continuidade”, adendou.

Alerta geral

Ao final de suas palavras, o governador eleito acentuou que “o importante é que eu irei cobrar com muita força e veemência” da equipe de auxiliares.

Ele finalizou com um recado sútil: “Para aqueles que estão sendo reconduzidos, que se renovem e se reinventem enquanto gestores”.

O Brasil não escolheu um presidente. Comprou um bilhete da Megasena...

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube