Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 27/04/2021

“Situações a serem vencidas”

Elasticidade retórica

Tem dado o que falar uma recente entrevista do ministro paraibano Marcelo Queiroga, da Saúde, ao jornal o Globo. Confira trechos.

“O presidente Bolsonaro é excelente comunicador e tem maneira própria de se comunicar com a população brasileira.

Sem avançar

“O Ministério da Saúde não interfere nas decisões do CFM (Conselho Federal de Medicina). A autonomia médica é um instituto milenar, existe desde o primeiro diploma ético da medicina, de Hipócrates.

Testadas

“Sabemos que a Covid foi descoberta no final de 2019 e, àquela época, não havia tratamento específico e ainda hoje não há tratamento específico. Várias medicações foram aventadas entre elas cloroquina e ivermectina.

“Estudos…

“Hoje há consenso amplo de que essa medicação em pacientes com Covid grave, em grau avançado, não tem ação, embora em pacientes no estágio inicial, existem alguns estudos observacionais que mostram alguns benefícios desses dois fármacos. É uma questão técnica que médicos avaliam e, aí, tomam a decisão em relação à prescrição.

… Observacionais”

“Há outros medicamentos que ainda estão em estudos. Porque às vezes a medicação em determinada fase mais avançada não funciona, mas, se você usa quando a doença ainda está se instalando, naquela fase mais inflamatória, ela funciona.

Bolsonaro X máscara

“Temos conversado, e ele tem usado máscara. Não vejo desestímulo do presidente. O go-
verno federal, em campanha, tem recomendado medidas de prevenção não farmacológicas. Quem tem que julgar a conduta das pessoas é a História. Não eu. A minha missão não é ficar vigiando as atitudes do presidente da República”.

Queixa…

Em audiência ontem, na Comissão Temporária de Covid-19 do Senado, o ministro da Saúde reclamou da judicialização ocorrida na Paraíba para garantir o fornecimento imediato da segunda dose da vacina.

… A distância

“Se todos judicializarem, não tem doses para todo mundo. Não é a judicialização que vai resolver esse problema”, acentuou Marcelo Queiroga.

Sangria

Entre 2001 e 2021, a Câmara dos Deputados gastou R$ 6,4 bilhões, em valores corrigidos, com a cota parlamentar, verba que cada deputado tem para reembolsos com aluguel de carros e passagens aéreas, conforme informou o ´Estadão´.

Da boca de…

“…Não tenho dúvida que o projeto do governador João Azevêdo para a Paraíba é o melhor projeto que se apresenta para a eleição. Discutimos isso internamente no partido e há um entendimento em continuar na base do governador…” (deputado estadual Inácio Falcão, do PCdoB).

Prazo

O presidente da Câmara Federal, deputado Artur Lira (PP-AL), informou ontem que o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) tem o prazo de até o dia 3 de maio para entregar o seu relatório sobre o projeto de reforma tributária.

Bem Brasília

Duas tiradas do ministro Paulo Guedes (Economia) acerca do enfrentamento com o Congresso Nacional sobre os recursos orçamentários: “Foi uma coisa de jagunço. Todo mundo puxando peixeira na mesa (…) Se eu me cansar e for embora, vão riscar o fósforo”.

Inócuas

Em recente entrevista, o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) se mostrou cético quanto à CPI da Covid, levada adiante pela bancada de oposição no Senado: “CPIs são instrumentos vistos com olhos enviesados por grande parte da população brasileira, como um grande palco para a espetacularização”.

Voo…

O ´V´ distanciou-se politicamente da esposa Ana Cláudia (Podemos): “Ana é uma agente política independente”.

… Próprio

“Não tenho pedido por ela. A parceria com o prefeito Carlos Antonio (Cajazeiras) se deu por ela própria. Eu fui convidado para participar”, assinalou, ao mencionar o anúncio do apoio do prefeito à candidatura de Ana (provavelmente) à Câmara Federal.

Comedimento

Sobre o ´flerte´ do governador João Azevedo (Cidadania) com o Progressistas, Veneziano afirmou que “eu não concebo relações constituídas na base da imposição. O reconhecimento ao MDB se dará de uma forma que sejam observados alguns fatores”.

Alfinetada

“É importante saber com qual Progressistas nós vamos estar. Se vamos estar com o Progressistas que um dia é oposição a João (Azevêdo), e que no outro dia diz que tem interesse em João. Com todo respeito, que Progressistas?” – fustigou.

No ´verão passado´

À sua ótica, João “levará em conta quem esteve com ele na primeira hora. Levará em conta quem foi parceiro no instante em que ele foi candidato a governador”.

Aval

O senador verbalizou a sua simpatia pela pré-candidatura a senador do deputado Efraim Filho (DEM): “É uma opção para o Senado porque é eficiente, eficaz, municipalista, como parlamentar. Foi uma pessoa que esteve no meu palanque e no palanque do governador (em 2018)”.

Divisória

O ´V´ delimitou (à ´Arapuan FM´) que as suas opiniões individuais, em termos de projetos políticos, não coincidem necessariamente com as do MDB no Estado: “Existem situações a serem vencidas. Uma coisa é a opinião de Veneziano, outra coisa é a posição do MDB”.

Mensagem cifrada

Em seguida, uma tirada filosófica com mensagem explicita no seu conteúdo: “A palavra gratidão não é apenas bela, mas importante e necessária num contexto prático”, cravou Veneziano.

O que o Exército fará com o general Pazuello, ex-ministro da Saúde?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube