Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sexta-feira, 02/08/2019

´Síndrome da reforma´

Supremo alerta

Vale a pena reproduzir uma declaração do mais antigo ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, ontem, durante o julgamento no qual o plenário manteve, por unanimidade, a suspensão de trechos de medida provisória que tirou da Funai a competência para demarcar terras indígenas.

“O comportamento do atual presidente da República, revelado na reedição de MP, clara e expressamente rejeitada, traduz uma clara e inaceitável transgressão a autoridade suprema da Constituição Federal. Uma inadmissível e perigosa transgressão da separação de poderes”, cravou Celso.

 

Jogo rápido

Coluna: O senhor está cogitando sair do PSDB?

Ex-senador Cássio Cunha Lima: “Não”

Voz..

“Naturalmente, a vida traz situações em que a gente pode não estar cantarolando. Mas pode estar cantando. E denunciando. O palco é um palanque como outro qualquer, uma tribuna.

… Baiana

“Como nordestina, me dói, não gosto que falem mal de minha terra e das minhas pessoas. Um austríaco não vai gostar se falarem que o Tirol é uma me… O Brasil é um país. Se você o preside, preside o país inteiro. Mas eu tenho a maior honra de ser chamada de ‘paraíba’.”

Cantora Maria Bethânia, durante show esta semana em São Paulo.

Eco

O senador Veneziano Vital (PSB) se pronunciou acerca da deflagração da Operação Famintos, no âmbito da Secretaria de Educação da PMCG.

Estilingue

“Quem não ficou surpreso diante dessa notícia (…) Nossos opositores estão diante de suspeições gravíssimas”, acentuou.

Espada

O ´V´ foi, então, enfático, em entrevista à ´Caturité FM´: “Eu não tive nenhum secretário preso na minha administração”.

´Alô bancada´

Ainda conforme o senador, a Câmara deve considerar a hipótese de instalar uma CPI para apurar as denúncias: “CPI é um instrumento que a oposição tem para investigar. Uma CPI permitiria um debate mais amplo”.

Encontro marcado

No ano que vem – antecipou o senador – “o debate que vamos ter com o candidato de Romero será administrativo, de gestão”.

Afiando…

Líder da oposição na Assembleia Legislativa – e no ´aquecimento´ para o começo de outro período ordinário -, o deputado Raniery Paulino (MDB) aproveitou ontem para comentar mais uma mudança no secretariado estadual – saída de Luís Torres, da Secretaria de Comunicação.

… As garras

“De fato, é de se estranhar muito. Já que na campanha eleitoral, e isso não tem sequer um ano, eles (Ricardo e João) diziam ser irmãos siameses e sócios do mesmo projeto. E parece que agora o atual governo quer desassociar a sua imagem do governo passado. Existe um desmonte claro do governo, talvez do projeto”, comentou o emedebista.

Se…

Ainda conforme Paulino, “parece-me que todos aqueles que tiveram envolvimento com a Operação Calvário estão deixando. E eu até lanço uma pergunta intrigante: será que se o governador (João) não estivesse na condição de governador, mas de secretário, ele estaria exatamente como secretário ou teria sido exonerado?”

Com fronteira

Até mesmo a deputada governista Pollyana Dutra (PSB) ´baldeou´ o noticiário político, ao afirmar ontem que “entendo que o Governo do Estado é uma coisa e o PSB é outra, apesar de o governo estar inserido na sigla partidária do PSB. Agora, a gente precisa saber separar as coisas”.

Não demora

João Azevedo tratou, ontem, da escolha do novo titular da Secom: “Eu vou parar pra pensar nisso assim que tiver tempo. Desde ontem (anteontem) que não tenho tido tempo para parar (…) Mas logo, logo vocês saberão quem ocupará essa pasta”.

Bolsa de apostas

No fértil – e movediço – terreno das especulações, três nomes são mencionados para essa vaga no secretariado: Nonato Bandeira (ex-titular da Secom e atual chefe do Gabinete Civil do governador), deputado Ricardo Barbosa (ex-titular da Secom e atual líder do governo na ALPB), e a jornalista Naná Garcez (atual presidente da Empresa Paraibana de Comunicação – Rádio Tabajara/jornal A União).

O que ela…

“Os elevados níveis de violência urbana, de delitos de trânsito, de violência doméstica contra as mulheres, de chacinas em presídios públicos e o envolvimento de crianças e adolescentes em atividades ilícitas evidenciam a gravidade do problema”.

… Disse por aqui

Raquel Dodge, procuradora geral da República, ao participar em João Pessoa do Fórum Nacional de Segurança Pública e abordar a violência (quase) incorporada à realidade nacional.

Vem aí

Este colunista e APARTE em outras plataformas.

Seu bolso

Já tem posto de abastecimento em Campina Grande vendendo o litro da gasolina a R$ 4,29.

Pulo para a inatividade

Levantamento do jornal Folha de São Paulo mostra que nos sete primeiros meses deste ano 20.642 servidores federais solicitaram a aposentadoria, diante do prenúncio da aprovação da reforma previdenciária.

Em todo o ano passado foram 18.835 requerimentos.

Do lado da iniciativa privada, o INSS recebeu entre janeiro e julho últimos 876.836 pedidos de aposentadoria.

O vice-presidente Mourão calou de vez?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube