Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

quinta-feira, 27/10/2016

Silencioso divórcio

Estratégia renovada

O genial pensador e revolucionário alemão Karl Marx afirma, em um de seus escritos, que “a história se repete como farsa”.

Mas, na política paraibana, a história igualmente pode ser repetida como… tática.

Atração

Assim como fez após o processo eleitoral de 2012, Ricardo Coutinho (PSB) novamente usa o ´ímã´ governamental para atrair prefeitos eleitos – nas eleições do último dia 2 – fora do leque de legendas que oferecem apoio ao seu governo.

No Cariri

O mais recente foi o prefeito eleito de Alcantil, Milton Rodrigues (PRB), com a intermediação do deputado Gervásio Maia (PMDB).

Passando a régua

Nos últimos dias foram divulgadas as adesões (e filiações ao PSB) dos prefeitos eleitos Divaldo Dantas (Itaporanga), José Inácio Sobrinho (Santana de Mangueira), Raimundo José de Lima (Mato Grosso) e Magno de Bá (Passagem).

´Importação´

A Secretaria de Saúde de Campina Grande, Luzia Pinto, trouxe à tona ontem uma situação incomum: dos 16 mil partos feitos na rede pública local a cada ano, cerca de 3 mil deles são de pacientes originárias de cidades que não referenciam Campina para esse procedimento, o que representa um custo adicional da ordem de R$ 4 milhões.

Quatro rodas

O registro da secretária desnuda um quadro desalentador que se verifica crescentemente na Paraíba: as maternidades sumiram da paisagem na maioria das pequenas cidades, dando lugar às ambulâncias para o transporte das parturientes para um município de maior porte.

Defasagem

A tabela de pagamento do SUS (Sistema Único de Saúde), que está congelada há mais de uma década, remunera sofrivelmente os serviços de obstetrícia.

Debandada

Uma das consequências dessa realidade é o gradual afastamento dos acadêmicos de medicina de especialidades como obstetrícia e pediatria.

Da boca de…

“… O problema do Brasil é que o governo federal gasta muito e gasta mal. Muito dinheiro vai para o ralo da corrupção e para os mega salários e mordomias do Poder. Isso tem que acabar…” (deputado Pedro Cunha Lima, PSDB-PB).

Interação

O TSE recebeu até agora 61.961 registros de irregularidades pelo aplicativo Pardal, uma ferramenta permite que os eleitores de todo país façam denúncias de propaganda eleitoral irregular, tanto nas ruas como na internet e em veículos de comunicação.

Tramitar

A ONU (Organização das Nações Unidas) decidiu analisar a queixa apresentada pelos advogados do ex-presidente Lula contra o Estado brasileiro.

Mas não emitiu qualquer juízo de valor prévio.

Contra a toga

Dito de outro jeito: a defesa do petista considera que algumas decisões do juiz federal Sérgio Moro (Operação Lava Jato) constituem “abuso de poder”, bem como é apontada uma “parcialidade” do Judiciário brasileiro.

 

Economia

A partir deste domingo, doze cidades em torno de João Pessoa deixarão de pagar ligação interurbana nas conexões entre si: Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Conde, Cruz do Espírito Santo, Lucena, Pedras de Fogo, Pitimbu, Rio Tinto, Santa Rita e a Capital.

Raio

No caso de Campina Grande, a tarifa será local entre as seguintes cidades: Aroeiras, Barra de Santana, Boa Vista, Boqueirão, Caturité, Fagundes, Gado Bravo, Itatuba, Lagoa Seca, Massaranduba, Matinhas, Puxinanã, Queimadas e Serra Redonda.

O detalhe

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) também criou as ´áreas locais´ nas regiões de Araruna, Barra de Santa Rosa, Cajazeiras, Esperança, Guarabira, Itabaiana, Patos, Sousa, Mamanguape e Itaporanga.

Quase tudo

A Universidade Estadual da Paraíba caminha para fechar o orçamento deste ano aplicando cerca de 91% das suas receitas no pagamento de pessoal.

Extrapolou

Se a instituição fosse uma unidade administrativa inteiramente independente, o seu reitor estaria amargando o enquadramento na Lei de Responsabilidade Fiscal, que limita a bem menos o limite de gastos com a folha de pagamento.

Calendário

A UEPB está concluindo o semestre letivo 2016.1, atrasado devido a prolongadas greves. Dia 21 de novembro começará o semestre 2016.2, que será interrompido um mês depois para as festas natalinas e as férias de começo do ano. As aulas só serão retomadas no dia 21 de janeiro.

Foge ao…

Ou seja: 50 dias de recesso em três meses. Sem adentrar no mérito da justeza e da conveniência das paralisações, o fato é que esse calendário é inaceitável e pedagogicamente desastroso.

… Bom senso

“Nós estamos enfrentando esse debate e tentando definir férias coletivas” na instituição, ponderou o reitor Rangel Júnior.

Sem eficácia

O professor sublinhou que “as manifestações prolongadas (greves) no serviço público devem ser reavaliadas” quanto à eficácia e às consequências, até porque “não têm dado resultados práticos”.

“Não tenho compromisso corporativo com a universidade”, acrescentou Rangel Júnior.

Caminho…

Existe a necessidade imediata de a comunidade acadêmica da UEPB reatar o seu vínculo direto com sociedade, notadamente com o povo campinense.

… De volta

Quanto mais enraizado estiver esse entrelaçamento, mais a UEPB contará com respaldo popular e político para ajudá-la e defendê-la.

Contraproducente

Fechar-se em seus muros e se limitar a ações pontuais de extensão é uma péssima receita para quem depende dos humores do Poder Público para se ampliar e se consolidar.

Mundos paralelos

A minha sensação – e espero estar redondamente enganado – é que a histórica cumplicidade de Campina com a UEPB vai gradualmente ficando pelo imaginário caminho.

O PSD em Campina está conflagrado...
Simple Share Buttons