Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 25/09/2018

Sementes para o 2º turno?

Retoque na história

De acordo com o jornal O Globo, no dia 3 de maio último um IP (endereço eletrônico) da Câmara Federal editou a página do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), líder do governo, na Wikipédia (a enciclopédia mundial virtual).

Foram suprimidos trechos referentes à Operação Lava Jato, em que Ribeiro foi acusado pelo doleiro Alberto Youssef de se beneficiar do esquema de propinas.

Estilingue

A propaganda da campanha de Lucélio Cartaxo (PV) decidiu combater ostensivamente a candidatura de José Maranhão (MDB): “Não foi por falta de tempo que ele não fez o que queria. Esteve 10 anos como governador. Nos quatro anos de Senado, pouco produziu”.

Escolhas

O vereador campinense Rodrigo Ramos (PDT) decidiu apoiar José Maranhão para governador.

Para o Senado, vai de Veneziano (PSB).

A Rádio Jovem Pan (SP) contratou uma pesquisa, junto ao instituto Paraná, acerca da sucessão presidencial naquele Estado.

No mesmo…

A coluna relatou, há vários dias, a superação das desavenças entre as ex-prefeitáveis campinenses Daniella Ribeiro (PP) e Tatiana Medeiros (MDB).

No dia de ontem, a 2ª anunciou apoio à 1ª na disputa para o Senado.

… ´Palanque´

“Votar em Daniella é votar na força da mulher. É entender que juntas poderemos fazer mais pela nossa cidade e pelo nosso Estado”, justificou Tatiana.

O que é isso…

Reportagem do jornal Folha de São Paulo noticiou que o presidenciável Fernando Haddad foi vaiado por militantes do PT, em Pernambuco, no final de semana.

´Companheirada´?

O fato ocorreu quando Haddad mencionou no discurso os nomes de Renata Campos e João Campos, viúva e filho do ex-governador Eduardo Campos (PSB, já falecido).

Sem…

No comício, ainda de acordo com a ´Folha´, parte do público também vaiou por várias vezes o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, do PSB, candidato à reeleição.

… Perdão

Ele foi chamado de “golpista’ por militantes do PT, por ter apoiado o impeachment de Dilma, apesar de hoje se dizer “arrependido” de sua posição.

Última rodada

O candidato a governador pelo PSB, João Azevedo, é o entrevistado da noite de hoje no programa ´Ideia Livre´ da TV Itararé – canal 18.1 (HD) e 19 (analógico), ou pelo endereço eletrônico www.itarare.com.br

O programa encerra a série de entrevistas com os postulantes ao ´Palácio da Redenção´.

Palanque

“Uns votam no Bolsonaro porque são contra o PT. Outros votam no PT porque são contra o Bolsonaro. No fundo, você sabe como tudo isso acaba: vai dar ruim”.

Propaganda da campanha do presidenciável do MDB Henrique Meireles.

Da boca de…

“… Não temos mais o direito de decepcionar os brasileiros. Quem for eleito este ano vai ter que andar na linha. Se isso não acontecer, o Brasil cairá no caos. Seremos entregues ao Deus dará. Ninguém aguenta mais tenta safadeza…” (Leonardo Gadelha, candidato a deputado federal pelo PSC, em evento no final de semana).

Mais um

O vereador Saulo Germano (PSDC) vai se licenciar da Câmara campinense, abrindo espaço para a suplente Soraia Brasileiro (PP).

Salto

O petróleo registrou ontem a sua maior cotação mundial desde 2014: 80 dólares o barril (o equivalente a cerca de 159 litros).

Prenúncio

Mantida essa cotação por alguns dias, será inevitável um ´pulo´ no preço interno da gasolina.

Missão

O vereador Pimentel Filho (PSD-CG), que está disputando uma cadeira na Câmara Federal, centralizou a sua campanha na comunidade católica.

Em algumas comunidades, tem sido apresentado como “missionário”.

Distorção

Primeiro a dialogar com os empresários no encontro que a FIEP promoveu ontem com candidatos a governador, José Maranhão (MDB) retomou o tema UEPB e assinalou que “falar que os quantitativos (valores) aumentaram (repasses à instituição) é uma meia verdade. Cresceram por conta das receitas totais do Estado”.

Determinação

Zé externou a intenção de implantar um distrito industrial/comercial na fronteira da Paraíba com Pernambuco (próximo à cidade de Alcantil).

“Quem não tem coragem de enfrentar desafios não pode governar um Estado”, proclamou.

Água

Segurança hídrica em todas as cidades paraibanas daqui a quatro anos. Eis o compromisso reafirmado pelo candidato João Azevedo (PSB) no diálogo com os industriais, na FIEP.

Equipamento

João observou que Campina “necessita de mais espaço para exposições e feiras”.

Modal

Instado a falar sobre a paralisação dos serviços (aumento do calado – profundidade) no Porto de Cabedelo, o socialista disse que o espaço pertence ao governo federal e o Estado atua por delegação, o que provoca entraves de natureza burocrática.

Retomada

Azevedo explicou que a obra do porto parou porque a empresa que ganhou a licitação abandonou os trabalhos.

“Nós vamos voltar à carga mais forte para a retomada da obra”, prometeu.

Ação política

O candidato do PSB prometeu estimular a descentralização econômica do Estado, utilizando as vocações locais de cada região.

Estímulos

Lucélio Cartaxo (PV) anunciou aos presentes ao auditório da FIEP que tenciona viabilizar “um ambiente favorável para os negócios”.

Estatal

Ele criticou os preços cobrados pela Cagepa: “130% de amento nas tarifas ao longo de 8 anos”.

Direcionamento

O postulante do PV ponderou que a bancada paraibana no Congresso Nacional “precisa apresentar emendas (ao Orçamento Geral da União) que gerem desenvolvimento”.

Aproveitamento

Cartaxo enfatizou que pretende “dar um sentido econômico às águas da transposição do Rio São Francisco no Estado, através da fruticultura”.

Sem teto

O oposicionista disse que a Cehap “está sucateada” na gestão Ricardo Coutinho e que o Estado “não tem nenhum projeto habitacional novo”.

Pulverizar

“Vamos fazer um governo onde a descentralização será a marca. Não dá mais para concentrar recursos e serviços em João Pessoa e Campina Grande”, asseverou o concorrente do PV.

Ausente

O candidato a governador Tárcio Teixeira (PSOL) desistiu de participar do evento, sob a alegação de que teria à noite um debate na cidade de Cajazeiras, não havendo tempo hábil para o deslocamento.

Amistosidade a céu aberto

José Maranhão e Lucélio Cartaxo se encontraram casualmente no hall de acesso ao auditório da FIEP.

Zé foi ao encontro de seu adversário. Houve um amistoso cumprimento, pose para fotos e um rápido diálogo.

Quem sabe não tiveram início os gestos para um eventual 2º turno…

Poderemos ter eleições majoritárias decididas no 1º turno?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube