Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 04/05/2019

Sem o ´elo´ de ligação

Remessa

O ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin enviou à Justiça Federal do Paraná, responsável pela Operação Lava Jato, investigação sobre o ministro do Tribunal de Contas da União Vital do Rego e o ex-deputado Marco Maia (PT) por supostas propinas da OAS de R$ 4 milhões para que, na função de presidente, e relator da CPI da Petrobrás, em 2014, impedissem a convocação de dirigentes de empreiteiras investigadas.

É o que revela reportagem veiculada no jornal O Estado de São Paulo.

 

Repasse

Segundo a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, os “relatos dos executivos da OAS revelam o pagamento de vantagens indevidas no montante de R$ 4.000.000,00 a Vital do Rêgo Filho, a pretexto do pleito eleitoral de 2014, intermediado por Alex Azevedo, suposto assessor parlamentar do investigado”.

Distribuição

Ainda conforme o jornal, do valor total pago a título de propina, R$ 1.000.000,00 teria sido repassado via doação eleitoral oficial realizada em favor do diretório nacional do PMDB; R$ 1.000.000,00 foi pago mediante celebração de contrato fictício com a Construtora Planície; e os R$ 2.000.000,00 restantes foram repassados por meio de celebração de contrato fictício com a Construtora Câmara e Vasconcelos.

Camuflagem

“Registre-se que o repasse de valores espúrios a Vital do Rêgo, travestido de doação eleitoral oficial, foi usado para camuflar a real intenção das partes, tratando-se de nítido negócio simulado para encobrir a finalidade de transferência de recurso, que não era outro se não adimplir a vantagem indevida e viabilizar a blindagem da convocação dos executivos à CPI da Petrobras”, assinala Dodge noutro trecho.

Rebatizar

Robustecido em 2005, sob a inspiração do empresário e ex-vice-presidente da República José Alencar, o PRB caminha para trocar de nome. Deverá chamar-se ´Republicanos´.

Guinada

A ideia é deixar para trás o ´viés´ de esquerda e se colocar como opção para o eleitorado conservador.

Da boca de…

“… Vamos recorrer. Temos o bom direito, até porque essa matéria, por incrível que possa parecer, já foi objeto de discussão do Supremo Tribunal Federal e foi arquivada, porque as provas colhidas eram inidôneas e eivadas de ilegalidade…” (senador Veneziano sobre a condenação que lhe foi imposta esta semana pela Justiça Federal na Paraíba).

Arsenal

Os 255 mil praticantes de tiro esportivo, colecionadores e caçadores do país têm atualmente em sua posse 350.683 armas, um arsenal que inclui modelos de uso restrito e supera o das empresas de segurança privada (244 mil) e o das polícias de São Paulo (120 mil).

Os dados são do Exército e foram publicados pelo jornal O Globo.

LDO

O deputado Tião Gomes (Avante) será o relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias deste ano na Assembleia Legislativa.

Sem volta

Entendo que é preciso apressar a regulamentação dos transportes por aplicativo em Campina Grande, posto que é um fato consumado.

Desleixo

Enquanto isso não ocorre, o que se observa é o relaxamento por parte de alguns desses motoristas, que têm deixado de seguir as normas fixadas pela empresa Uber, por exemplo.

Sábado é dia de poesia

“Vim, tanta areia andei/ Da lua cheia eu sei/ Uma saudade imensa/ Vagando em verso eu vim/ Vestido de cetim/ Na mão direita, rosas/ Vou levar…” (Andança, a música que consagrou a cantora Beth Carvalho, que nos deixou esta semana).

Natimorta

Praticamente criada há um mês, a ´CPI dos Combustíveis´ da Câmara Municipal de Campina Grande até o presente está ´sem combustão´.

Da boca de…

“… A atividade produtiva está andando de lado, principalmente na indústria, desde julho do ano passado. A economia está sem dinâmica…” (Flávio Castelo Branco, gerente de Política Econômica da Confederação Nacional da Indústria).

Em série

Às vezes, emerge a sensação de um ´dominó´.

Mas o fato é que ontem ocorreu outra baixa no secretariado do governador João Azevedo.

Pé na…

Amanda Rodrigues, que desde novembro de 2016 respondia pela Secretaria de Finanças, acumulando com a atribuição anterior (a coordenação do programa Empreender Paraíba), deixou o governo.

… Estrada

“Chegou a hora de trilhar novos desafios profissionais”, explicou Amanda (atual companheira do ex-governador Ricardo Coutinho), através das redes sociais.

Balancete divulgado

Duas frases do texto de Amanda sugerem ´rusgas´ nesse desenlace: “Servi ao Estado em duas funções, mesmo recebendo por uma só”.

No outro trecho, a agora ex-secretária desnuda segredos orçamentários do governo de João: “(a Sefin) está muito bem cuidada, com provisão em caixa para metade do 13º salário e com reservas fundamentais para o bom funcionamento da máquina”.

Governar é se distanciar...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube