Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

sexta-feira, 19/01/2018

´Se reagir, é pra matar´

Desabafo além-mar

O polêmico e desgastado ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes passou boa parte de suas férias em Portugal.

Duas brasileiras o abordaram quando ele caminhava pelo centro de Lisboa. Uma delas disparou: “O senhor é de uma injustiça imensurável! Inclusive deve estar querendo se disfarçar aqui, né? Andando como um comum dos mortais. Coisa que não é! O senhor não tem vergonha do que o senhor faz pelo País? A gente pede para Deus levar o senhor para o inferno”.

Gilmar reagiu dando risadas e verbalizou: “Ai, meu Deus do céu”.

Com a lei…

 

O prefeito Romero Rodrigues (PSDB) descartou ontem a possibilidade de decidir, ainda este mês, sobre a continuidade ou não de sua pré-candidatura a governador, uma cobrança que tem sido feita pelo prefeito pessoense Luciano Cartaxo (PSD) e também (mais sutilmente) por seu partido, o PSDB.

… Na mão

“Na Paraíba está tudo incerto e vamos continuar trabalhando até o dia 7 de abril, que é o prazo, pois quem tem prazo não tem pressa. Vou trabalhar com a regra do jogo e com o prazo de renúncia. Não dá para chegar e atender a quem quer que seja, e dizer que vai se decidir em janeiro”, comentou Romero, ontem, na ´Correio FM´.

Não fica

RR invocou o caso do governador: “O próprio Ricardo está no governo e dizendo que não vai sair. A maioria vai apostar que sai. Mas ele (Ricardo) vai dizer que não sai até o dia 7 de abril às 23h30. Quando for meia-noite ele assina e sai”.

Erros

Ao olhar para ´dentro de casa´ (PSDB), Romero frisou que “se não existissem esses conflitos em janeiro, fevereiro e março do ano passado, talvez estivéssemos num tamanho maior hoje”.

Rescaldo

“Tivemos que vencer essa dificuldade que foi posta internamente. Agora está um pouco melhor, embora observamos algumas incompreensões. Mas é natural dentro da política, não é nada atípico”, acrescentou o prefeito.

A água…

Será às 9h de hoje na sede do Ministério Público Federal (avenida Epitácio Pessoa, João Pessoa) uma reunião do MPF com parlamentares que compõem a bancada federal paraibana no Congresso Nacional.

… Em pauta

A conversa versará sobre as causas envolvendo a transposição do rio São Francisco na Paraíba, nos eixos Leste e Norte.

O detalhe

Também foram convidados para a reunião membros do Ministério Público Estadual (MPPB), Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público de Contas (MPC/PB), bem como o secretário de Recursos Hídricos da Paraíba, João Azevedo.

Passagem

O Sindicato que representa as empresas de ônibus que atuam em Campina Grande solicitou à STTP a convocação do Conselho Municipal de Transporte Público para avaliar um pedido de atualização tarifária.

MPT

Ainda sobre o setor de transporte público em Campina, dia 19 de fevereiro haverá uma audiência no Ministério Público do Trabalho para tratar da questão da supressão dos cobradores nos ônibus urbanos.

Índice

A Cagepa propôs ontem, em audiência pública, o percentual de 2,9% para a correção anual das contas de água e coleta de esgotos.

Congelada

A tarifa social novamente não será reajustada – pelo sétimo ano consecutivo.

Em elevação

A direção da estatal explicou que o reajuste está sendo possível nesse patamar devido à recuperação dos níveis de arrecadação nas maiores cidades, notadamente Campina Grande, por força da chegada das águas do Rio São Francisco, cujo custo adicional ainda não está sendo cobrado pelo governo federal.

Diluído

Aqui na Paraíba é praticado o chamado ´subsídio cruzado´, pelo qual os clientes das maiores cidades (João Pessoa e Campina, principalmente) bancam o custo dos sistemas de abastecimento das pequenas cidades, que são habitualmente deficitários.

Partiu

Ao se despedir ontem do comando do II Batalhão de Polícia Militar, com sede em Campina Grande, o coronel Lamark disse que fazia uma “avaliação muito positiva. Esse ano (2017) foi de trabalho e de muita dedicação”.

Destino

Lamark vai atuar na Coordenação do Estado Maior Estratégico da PMPB, em João Pessoa.

Carga total

Novo comandante do II BPM, o major Cristovão Ferreira Lucas afirmou que “nós faremos o máximo. Empenho e vontade de trabalhar não vão faltar. Vamos para as ruas”.

“Um desafio que nos deixa entusiasmado. Nunca tive missões fáceis”, emendou.

Sobre rodas

O major adiantou que inicialmente vai “focar nas abordagens a veículos”, devido ao grande número de automóveis roubados na cidade.

“Vamos maximizar a nossa presença nas ruas”, acrescentou.

Rodízio

Ao empossar o novo comando do II BPM, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, observou que “a mudança é rotina nossa. Trazemos mudanças não para estabelecer culpa no passado, mas tendo em vista que todos são responsáveis pelo futuro”.

Ocupação

Chaves assinalou que o Major Lucas “fará os ajustes necessários e a reengenharia ao seu modo e ao estímulo da necessidade. Ele tem autonomia, mas temos diretrizes. O momento é de ocupar território e estabelecer visibilidade”.

Quantum

O coronel revelou que o efetivo atual do II BPM é de 1.078 policiais.

Ele reconheceu que “o roubo de veículos é um grande problema no momento”.

Encarou…

O comandante Euller Chaves foi surpreendentemente enfático ao tratar da questão do encadeamento de explosões a caixas eletrônicos e agências dos Correios em diversas cidades do Estado.

– São verdadeiros terroristas e devem ser tratados como tal. Bandido bom pra mim, no meu sentido, se enfrentar a polícia, precisa ser morto – proclamou o timoneiro da PM.

Que ´projeto´ tem Ricardo Coutinho para o deputado Luiz Couto?...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube