Fechar

logo
logo

Fechar

Arimatéa Souza

sexta-feira, 29/01/2021

Saindo do ´jardim´

Vale-tudo

O governo federal escancarou ainda mais o cofre e destinou mais R$ 3 bilhões para 250 deputados e 35 senadores aplicarem em obras em seus redutos eleitorais.

De acordo com o ´Estadão´, o dinheiro saiu do Ministério do Desenvolvimento Regional e visa assegurar a eleição do deputado Arthur Lira (PP-AL) como presidente da Câmara Federal.

´Mapa da mina´

O jornal obteve uma planilha interna de controle de verbas, até então sigilosa, com os nomes dos parlamentares contemplados com os recursos ´extras´.

Cara nova

No retorno às atividades ordinárias na Assembleia Legislativa, na próxima semana, a liderança governista poderá trocar de mãos: do deputado Ricardo Barbosa (PSB) para o deputado Wilson Filho (PTB).

Da boca de…

“… Vulgaridade. Sem noção institucional e do cargo. Falta de respeito com a população e o país que representa…” (general Santos Cruz, ex-ministro, sobre os ataques do presidente Bolsonaro, anteontem, à imprensa).

Interlocução

O ex-prefeito Romero Rodrigues, presidente do PSD na Paraíba, teve uma conversa com duas vereadoras da base governista em Campina Grande: Eva Gouveia e Fabiana Gomes – ambas do PSD.

Talvez…

… Alguma orelha tenha esquentado.

Sem surpresa

Na sessão extraordinária de ontem do Legislativo campinense, a maioria governista arquivou o pedido de criação da Comissão Provisória de Assuntos Relevantes para o Acompanhamento do Plano de Imunização contra a COVID-19, proposta pelo vereador Anderson Almeida (Podemos).

O detalhe

É bom lembrar que vereadores governistas subscreveram o pedido de convocação de uma sessão extraordinária para apreciar a criação da comissão acima referida.

Desmentido

“Desconheço qualquer negociação com a (empresa) AstraZeneca. Só vamos pensar em comprar vacinas na situação extraordinária em que o fornecedor não queira vender para o governo, o que não é a realidade atualmente. Todos os fabricantes de vacina no mundo querem vender para governos”.

Autoria

Declaração do empresário Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Situando

O presidente Jair Bolsonaro declarou que o setor privado estaria negociando a compra de vacinas da AstraZeneca.

Uma pausa

A empresa aérea Azul informou que a suspensão de um dos voos para Campina Grande se dará apenas durante o mês de fevereiro.

O ´capitão´

“O povo brasileiro é forte. O povo brasileiro não tem medo do perigo”.

Bolsonaro, ontem, ao visitar a cidade de Propriá, em Sergipe, sobre a pandemia.

Prenúncio

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse na Rede Cultura/TV Itararé, na noite de quarta-feira, que o Brasil corre o risco de uma “megaepidemia” daqui a 60 dias, devido à nova cepa do coronavírus que começou a se espalhar a partir de Manaus (AM).

 

Virou pó

A bancada do MDB ´triturou´ a candidatura da senadora Simone Tebet (MS) à presidência do Senado.

Ontem, Simone anunciou que sua postulação deixava de ser partidária para ser independente.

Da boca de…

“… Tenho cumprido à risca o compromisso de ser prefeito em tempo integral…” (Bruno Cunha Lima, prefeito campinense).

Retrovisor

Edição de ontem da Coluna: Está na base do ´vento a favor´ a relação do deputado federal Gervásio Maia (PSB) com o governo estadual.

Sinalização

Pois bem, ainda ontem o deputado admitiu que está ´em transição´ de agrupamento político.

Despetalando

Em entrevista, Gervásio confirmou o distanciamento gradativo do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) – abandonando o ´jardim dos girassóis´ no dialeto do PSB/PB.

Deletado

“Nós não construímos 2020 e em virtude dessa realidade houve um afastamento. A última vez que eu conversei com o ex-governador foi no dia anterior à convenção de João Pessoa”, situou o deputado.

Em tempo

A convenção ocorreu em agosto do ano passado.

´Último…

Por sinal, o socialista registrou que “soube pelas redes sociais” da candidatura de Coutinho à prefeitura pessoense.

… A saber´

“Quando ele (RC) me enviou uma mensagem no final da tarde, eu já estava sabendo porque a decisão dele já era pública”, enfatizou Gervásio, relatando ainda que “tentei conversar com ele (RC) para mostrar minhas impressões em relação a qualquer encaminhamento do partido. Mas não fui recebido por ele”.

Eufemismo

Conhecedor do estilo contundente do ex-governador, o deputado (e presidente do PSB-PB) recusou o termo rompimento.

“O que existe é um afastamento, um distanciamento”, abrandou.

Balizas

Gervásio Maia igualmente foi comedido no tocante ao seu reposicionamento na política estadual: “Eu acho que a construção desse processo tem que acontecer sob dois critérios: da coerência e da decisão colegiada”.

Peroração

“Eu preciso conversar com os que integram o partido, com os que estão na base dos municípios para, a partir daí, fazer uma avaliação e estudar aquilo que puder fortalecer o projeto. Mas acho muito cedo par falar sobre isso”, acrescentou ele na ´Arapuan FM´.

Contabilizado

Na ´cadernetinha´ do governador João Azevedo (Cidadania), o deputado socialista já está computado como ´já é dos nossos´.

Tem vereador campinense ameaçando fazer uma visita ao Ministério Público...

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube