Fechar

logo
logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 23/11/2021

A foto que falta ao fato

Beligerância

No ´capítulo´ de ontem da conversa do presidente Bolsonaro com os seus apoiadores, na entrada do Palácio da Alvorada (Brasília), o alvo escolhido foi a empresária Luíza Trajano, acionista majoritária do Magazine Luíza.

“Você não vê empresário socialista. Tem uma mulher aí que é socialista, não fala o nome, não. Essa mulher é socialista e perdeu R$ 30 bilhões agora, quando anunciou amor pelo nove dedos (Lula)”.

Por aqui

Coincidentemente, Luíza Trajano estava em visita à Paraíba, como se destacará mais à frente nesta coluna.

Sem polemizar

Instada a comentar a provocação presidencial, a empresária respondeu que “eu não tenho o que falar. Eu nunca estive com o ex-presidente Lula, eu não fui convidada para ser vice. Eu sou convidada, pelos jornais, para ser vice por todos os partidos. Parece que precisam de uma mulher. E ações (da empresa) são assim: sobem e descem”.

Garimpo

No meio da tarde, Luíza concedeu uma entrevista em João Pessoa.

Leia alguns trechos de suas declarações.

Veio pra ficar

“O digital não é apenas um aplicativo. Virou uma cultura.

Sob pressão

“O que gera o empreendedorismo, em muitas vezes, é a falta de emprego. São pessoas que buscam uma solução.

Longe das urnas

“Política partidária: não sou candidata a nada, não vou ser. Mas sou uma política que luta pelo Brasil, junto com milhares de mulheres. E tenho lutado para ter uma escola integral em cada canto deste país.

Insuportável

“Nós não podemos viver com o desemprego na altura do que nós temos atualmente.

Estagnadas

“Pelo que percebemos, as reformas (no país) não vão sair tão cedo.

Lição de vida

“Eu aprendi a escutar o que eu não quero ouvir.

Pra já

“O desafio (mais urgente) é conter a inflação e baixar os juros.

´Enquadramento´

“Sou a favor do Bolsa Família, porque visito o Nordeste e sei o que é isso. Como sou a favor da privatização dos Correios. Quando sou a favor do Bolsa, ´sou de esquerda´; quando sou a favor da venda dos Correios, ´sou de direita´ (assim é rotulada). O que sou é favor de causas pro Brasil.

Combate

“A desigualdade social precisa ser enfrentada. Se isso significa ser socialista, eu sou socialista. Mas de causas. Mas sou empresária. Nunca me filiei a um partido político.

Adorou

“Fiquei encantada com o centro de tecnologia de Campina Grande.

A síntese

“Eu sou muito apaixonada pelo estado!”

Sessão…

“Luiza Helena Trajano Inácio Rodrigues, a nova paraibana, é uma mulher marcada pelos mesmos ideais da história de nossa Paraíba. O estado de Anayde Beiriz, Elba Ramalho, Luiza Erundina, Marinês, se torna o também o estado de Luiza Trajano, brasileira que não cabe nos limites geográficos do nosso país.

… Solene

“Cidadã que já extrapolou as fronteiras do mundo com sua saga de empreendedorismo e vanguarda. Personalidade que nos orgulha e nos enriquece. Saiba, Dona Luiza Trajano, a alegria de todo o Poder Legislativo da Paraíba em unificar vozes e mãos para lhe conceder algo que é motivo de orgulho para todos os paraibanos”.

Autoria

Eis a saudação verbalizada pelo deputado Tovar Correia Lima (PSDB) na solenidade de entrega do título de cidadania paraibana à empresária Luíza Trajano, no plenário da Assembleia Legislativa.

Muito a ensinar

Ao usar a tribuna da ALPB, a ex-deputada e atual secretária de Estado Eva Gouveia registrou que “é um orgulho estar nesse plenário da Casa Epitácio Pessoa para homenagear Luiza Trajano. Com certeza, a Paraíba ficará ainda maior em se tornar mãe de uma mulher com a sua grandeza e que tanto tem a nos ensinar com o seu exemplo de cidadania”.

Inquietude

“Luíza é uma brasileira inquieta, e que coloca em prática a responsabilidade social para além das atividades da empresa (…) É brasileira de todos os lugares; uma mulher à frente de seu tempo e maior do que as suas lutas. Uma líder no sentido mais humano da palavra”, avançou Eva.

Impacto…

O deputado Branco Mendes (Podemos), que tem a sua base eleitoral na cidade de Alhandra, foi à tribuna para agradecer e dimensionar a importância que o centro de distribuição do Magazine (cerca de 70 mil metros quadrados) tem para a referida cidade.

… Econômico

“É um grande empreendimento. Através do Magazine, nós vamos ter, a partir de 2022, uma receita correspondente à quarta maior arrecadação de ICMS no Estado. Aqui estou para agradecer”, registrou Branco.

Diferenciada

“Esta mulher orgulha a todos os brasileiros”, pontificou o deputado, acrescentando que “na realidade o Brasil precisa de pessoas como a senhora”.

“Farol”

“Luíza Trajano é uma mulher que é farol para todas nós; que nos mostra com competência e visão de futuro como é possível uma mulher ser protagonista de sua própria história. E essa realidade abre caminho para tantas outras mulheres”, saudou Melca Farias, presidente da Associação Comercial da Paraíba.

Batalhas

Melca também acentuou que “precisamos mudar muita coisa, e também o sistema político-partidário, colocando mais mulheres principalmente nesta Casa. Somos aqui seis de 36 deputados. Temos desafios a conquistar”.

Amplitude

“Uma mulher não só projeta um lar, mas pode ser o projeto de futuro para nossas cidades, nossos estados e nosso país”, finalizou a dirigente da Associação Comercial.

Gratidão

“Eu amo a Paraíba. Eu posso até ser criticada por isso por alguém de outro estado, mas é isso que eu sinto. Sou muito grata pela Paraíba. Aqui eu sinto muita energia positiva”, verbalizou a homenageada em seu discurso.

Paixão antiga

Luíza Trajano comentou que “estou vivendo um momento muito legal e vou ser meio convencida: acho que merecia este dia”.

Porta de entrada

Ela explicou que desde jovem nutriu uma simpatia por João Pessoa e pela Paraíba, citando em seguida que a “entrada” no Nordeste da empresa que comanda ocorreu pela compra da antiga rede de lojas Maia, que era sediada na capital paraibana.

Propagação

Luíza registrou que instantes antes havia dito ao governador João Azevedo “que temos que divulgar ainda mais as belezas da Paraíba”.

“E o meu compromisso de gratidão, ao me transformar numa paraibana, é também este”, grifou.

Espinha dorsal

Luíza sublinhou quatro ações políticas que concentram no presente as suas atenções e as do grupo ´Mulheres do Brasil: ´ciência na saúde´; planejamento estratégico para o Brasil para os próximos 10 anos; trabalho e emprego; e habitação.

Meio a meio

A empresária citou outra luta do movimento: que 50% das cadeiras no Legislativo sejam destinadas às mulheres.

Gravidade

No final de seu discurso na ALPB, Luíza observou: “Acho que a gente ainda não entendeu a ferida que a pandemia está deixando em todos nós, além da ferida física. A ferida emocional é muito séria”.

Conclamação

“O Brasil está precisando de nossa união. Isso é muito sério”, arrematou Luíza Trajano.

Na Serra

No turno matinal, a ´dona´ do Magazine Luíza recebeu o título de cidadania campinense, proposto pelo vereador Luciano Breno (PP).

O evento ocorreu no auditório da Fundação Parque Tecnológico.

Recepção

“Nós estamos extremamente felizes”, asseverou o vereador-presidente Marinaldo Cardoso (REP).

“Nossa cidade é quem está ganhando”, grifou Luciano Breno.

Empregabilidade

Ainda conforme o autor da propositura, “o nosso reconhecimento é pelo pão de cada dia que a senhora tem proporcionado ao cidadão campinense. O emprego é aquilo que traz dignidade ao ser humano. Em nome deles (trabalhadores) justificar esse ato”.

Pedido

Durante a solenidade, a senadora Daniella Ribeiro (PP) solicitou à empresária – e foi atendida – que o diretor de tecnologia do Magazine visitasse Campina Grande e estudasse a possibilidade de instalação de um centro de tecnologia do grupo na cidade.

Passageiros

“Ninguém tem nada, ´nós estamos´. Um dia se perde tudo”, agradeceu a empresária a homenagem da Câmara, numa menção à finitude da vida.

O que conta

Ela realçou que o que realmente importa é a família, a simplicidade, a humildade, a vida das pessoas.

Carro-chefe

“O nosso lema é o emprego. Depois da saúde o que nos liberta de quase 400 anos de escravidão é o emprego”, enfatizou Luíza.

Vanguarda

“Nós vamos fazer propostas muito fortes. Eu não sou nem A, nem B, nem C, mas somos a favor de projetos. Somos a favor da democracia, da igualdade e contra a desigualdade”, registrou Luíza ao se reportar ao movimento que lidera e que conta com a adesão de aproximadamente 100 mil mulheres espalhadas pelo país.

Na tela

Sérgio Domenici, superintendente executivo da Liga Nacional de Basquete, é o entrevistado de hoje no programa Ideia Livre da TV Itararé, que começa às 22 horas, logo após o Jornal da Cultura, no canal 18.1.

Convênios…

Início do processo de licitação para investimentos em infraestrutura na área urbana de 85 cidades paraibanas, com recursos da ordem de R$ 130 milhões.

… Em profusão

Foi em torno dessa ação administrativa que o governador João Azevedo reuniu na capital, ontem, dezenas de prefeitos paraibanos.

Ao seu tempo

Indagado se essa ação poderia ensejar uma parceria política, João respondeu que “se isso gerar frutos no próximo ano, maravilha. Mas não é a preocupação deste momento”.

Isonômico

Ao ser questionado sobre a presença no evento de dois potenciais postulantes ao Senado – Aguinaldo Ribeiro (PP) e Efraim Filho (DEM) -, o governador disse que “fico extremamente feliz. Os dois deputados são nossos parceiros”.

Iminente

O governador lembrou que o “momento de decisão virá logo logo, está muito perto. No momento o foco ainda é de gestão”.

No horizonte

João Azevedo confirmou que é questão de poucos dias a conversa presencial com o ex-prefeito campinense Romero Rodrigues (PSD).

“Sim, vamos sentar para tratar de política”, frisou.

Solidário na dor

Ele relatou que a última vez que falou com o ex-prefeito foi às vésperas de uma cirurgia que Romero realizou no ombro, no final de setembro.

“Liguei para ele para desejar boa sorte e de lá pra cá não sentamos para conversar sobre a política do Estado”, relatou.

PSDB e MDB têm mantido algum diálogo na Paraíba?...

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube