Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

sábado, 20/01/2018

Reunião tucana não ´derruba o muro´

Concluir a obra

A reunião promovida ontem pelo Ministério Público Federal com a bancada paraibana, em João Pessoa, teve a finalidade de solicitar que os parlamentares apresentem emendas e busquem recursos federais para acelerar as obras complementares da transposição das águas do Rio São Francisco.

“Estamos vendo essa questão orçamentária e o que a bancada federal pode fazer em termos de verbas públicas para que sejam empregadas nessa obra de revitalização do leito do Rio Paraíba”, assinalou o procurador Marcos Queiroga.

Esvaziada

Apenas o senador Raimundo Lira (MDB) e os deputados Wilson Filho (PTB) e Rômulo Gouveia atenderam à convocação do MPF.

Caririzeiro

Sumido da mídia há um bom tempo, o ex-deputado Roberto Pedro Medeiros reapareceu ontem na ´Panorâmica FM´ para anunciar que vai tentar retornar à Assembleia Legislativa.

Aval

“Eu não estava muito empolgado, mas encontrei Zé Maranhão e me empolguei. Eu comuniquei a Cássio, pois eu não podia dar o sim a Maranhão sem falar antes com Cássio”, situou Pedro.

Da boca de…

“… Quer dizer que se prenderem Lula, ‘vão matar gente’? Esta senhora devia dizer quem é que vai matar quem…” (Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, sobre a declaração da senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT).

Mordida

Conforme informações do Sindicato dos revendedores de combustíveis, a carga tributária estadual que incide sobre o preço da gasolina é de 29% (27% de ICMS e 2% do Fundo de Erradicação da Pobreza).

A base de cálculo é o preço na bomba.

Prenúncio

Está por vir um reajuste no preço do gás natural.

 É vero

O vereador campinense Márcio Melo (PSDC) confirmou, ontem, uma informação antecipada por APARTE: está cogitando trocar do partido e a maior possibilidade é o seu ingresso no MDB.

Delimitação

“O senador José Maranhão me ligou na semana passada e me fez o convite para ingressar no MDB e ser o presidente da legenda”, declarou Márcio na ´Panorâmica FM´, ressalvando que “o convite foi feito ao vereador, não foi feito ao prefeito Romero, que está muito bem no PSDB”.

Sem polemizar

“Não tenho condições de fazer observações, pois não sei do teor do contato entre Maranhão e Romero. Só lamento que o companheiro do partido não dividiu a informação com os membros do MDB previamente, pelo menos não comigo”, reagiu à notícia, na mesma emissora, o deputado Veneziano – em tese, o dirigente-mor do partido na cidade, apesar de o mandato da direção local ter (novamente) ´caducado´.

´Expulsória´

O fato é que Zé tem feito – obliquamente – ´convites´ em série para Veneziano deixar o MDB.

Fora do páreo

O senador José Serra (PSDB-SP) anunciou que “não vou disputar eleição para governador nem pretendo concorrer a presidente neste ano”.

Conjecturas

Nos bastidores políticos especula-se uma eventual migração do deputado estadual Bruno Cunha Lima do PSDB para o PSC.

Plim-plim

O jornal Folha de São Paulo divulgou que “ao contrário do que fez em outros episódios do cenário político, como o impeachment de Dilma Rousseff, a Rede Globo decidiu não alterar sua grade de programação no dia (24 próximo) do julgamento da ação de Lula no Tribunal Regional Federal”.

No plenário

O mesmo jornal também informou que a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmen Lúcia, deverá colocar em votação, em março, a ação que pode por fim ao auxílio moradia.

Antecipação

Ainda a ´Folha´. O jornal noticiou que servidores concursados da Câmara dos Deputados, do Supremo Tribunal Federal e do Ministério Público Federal já começaram a receber o 13º salário de 2018.

O detalhe

Esses órgãos pagarão quase R$ 200 milhões em antecipação neste mês.

Sábado é dia de poesia

“Quantos labirintos, tem meu coração/ Pra eu me perder, e te encontrar/ Quantas avenidas, tem o seu olhar/ Pra te seguir, e me guiar…” (Elba Ramalho, que vai ´estrelar´ a programação pré-carnavalesca de João Pessoa).

Sem restrição

Ao final da reunião de ontem dos ´cardeais´ paraibanos do PSDB, o presidente da legenda, Ruy Carneiro, declarou que “vamos escolher (como candidato a governador) aquele que for o melhor nome para a oposição, independente se for do PSDB ou não”.

Afunilamento

“Independente de candidatura de A ou de B, o que cada vez mais me alegra é a união das oposições. Em breve vamos apresentar alguns nomes para começar a alinhavar o processo”, acrescentou Ruy.

Sem avanços

Presente à reunião ´tucana´ – realizada na residência litorânea do prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano -, Romero Rodrigues disse que nada mudou substancialmente e que continua na condição de pré-candidato a governador.

Pra valer

“Isoladamente todos nós somos frágeis. A minha candidatura está firme, não é de brincadeira. Nunca fiz nada na minha vida brincando, faço com determinação”, sublinhou o prefeito, falando ´pra dentro´ do PSDB.

Quem sabe

RR admitiu o lançamento de mais de um nome pelas oposições, no 1º turno.

No trapézio

O senador Cássio permaneceu na sua postura imprecisa e quase imutável: “Romero fez e vem fazendo um trabalho brilhante em Campina Grande. Mas temos a compreensão também de que temos que convergir em uma candidatura única, pois é a melhor opção. Se não houver possibilidade, paciência, sairemos com mais de uma candidatura”.

Até abril, muita ´espuma´ na política e poucas definições...
Simple Share Buttons