Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

segunda-feira, 14/08/2017

Recuo inconsequente

O abuso do ´extra teto´

Nas edições do final de semana, os principais jornais do País trataram novamente dos salários elevados no serviço público brasileiro.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, afirmou ao ´Estadão´ que os salários pagos acima do teto são uma “fraude” que precisa ser combatida.

Ofensa

Barroso emendou: “Sou solidário à magistratura, mas também sou solidário às pessoas que se sentiriam ofendidas com uma pretensão de aumento do ´andar de cima´. A gente não tem como ceder diante da dura realidade dos fatos”.

Repasse

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Walton Alencar Rodrigues, denunciou que houve uma transferência de “centenas de milhões de reais do BNDES para seu fundo de pensão, de forma absolutamente criminosa, inconstitucional e ilegal”.

Rubor

“Cito especificamente o BNDES, cujos 5 mil empregados que receberem 16 salários por ano, fazem-no em valores que fariam corar qualquer pessoa dotada de bom senso”, destacou Walton.

Desequilíbrio

O ministro do TCU acrescentou: “Indago com que moral ou fundamento pode um bancário da estrutura ordinária de uma empresa estatal ganhar mais do que um ministro do (Supremo Tribunal Federal), digo, várias vezes o subsídio de um ministro do STF, ou plúrimas (muitas) vezes o que ganha o seu congênere na iniciativa privada.”

Trava

O jornal Folha de São Paulo informou, no final de semana, que o governo avalia congelar o salário do funcionalismo federal em 2018.

Jampa

O esboço da programação de Lula aqui na Paraíba prevê a sua chegada no dia 26 (sábado) a João Pessoa, onde será homenageado pela UFPB.

Na Serra

No dia seguinte, às 10h da manhã, um ato público em Campina Grande, com posterior deslocamento para Currais Novos (RN).

Sacolejo

O deputado estadual Jeová Campos (PSB) pediu uma postura mais aguerrida da bancada federal paraibana contra a iminente desativação de várias zonas eleitorais no Estado: “Não fiquem calados. Vocês são eleitos para representar o povo”.

Conta-gotas

Recente edição do jornal Folha de São Paulo publicou uma matéria sobre a obra da transposição do Rio São Francisco, assinalando que cinco meses após a inauguração do Eixo Leste as águas não chegaram na quantidade esperada ao principal ponto de recebimento na Paraíba: o açude Epitácio Pessoa, no município de Boqueirão.

Interinidade

Com a punição proposta à direção nacional do PMDB para os deputados federais que não seguiram a orientação da bancada – para arquivar a tramitação das investigações contra Michel Temer -, o deputado Veneziano, presidente da legenda em Campina, deverá ficará ausente do comando partidário por 60 dias.

Dessa maneira, assumirá o vice-prefeito, ex-deputado Robson Dutra.

´Gelo´

“Eu não tenho opinião sobre a adesão (ao governo) do deputado Aníbal Marcolino (PSD). O líder do governo (Hervázio Bezerra, PSB) pode falar com melhor precisão”, reagiu a deputada Estela Bezerra (PSB) à chegada do novo deputado à base governista.

Adapta-se

Por sinal, o próprio Ricardo Coutinho foi ´impermeável´ sobre o novo aliado: “O deputado (Aníbal) deve ter uma reunião comigo e com outros deputados. E efetivamente o que espero é que não haja nenhuma solução de continuidade, como, aliás, deve ser. Esse barco está em uma navegação segura e respeitosa, avançando sempre. Não estamos parando em função da crise em momento algum e isso pra nós é algo que tem um papel importantíssimo”.

Defesa

O governador adendou: “Todos aqueles que entram na Assembleia Legislativa têm que somar esforços e defender a Paraíba e fazer a boa política”.

Expansão

A empresa Redepharma, que tem base em Campina Grande, planeja para os próximos meses a ampliação das atividades para outros estados do Nordeste.

Sondagens

Já foi ultrapassada a fase consultas – junto a padres e bispos da região – para a escolha do novo bispo diocesano de Campina Grande, cujo nome deverá ser anunciado (provavelmente) até o Natal deste ano.

Gesto

A comunidade campinense ficou satisfeita – e até comovida – com a recente iniciativa da cantora Marília Mendonça de doar, no mês de junho último, R$ 100 mil ao Instituto São Vicente de Paulo, em Campina Grande, que cuida de dezenas de idosos.

Aplicação

Esse dinheiro extra está sendo destinado à melhoria da infraestrutura do local.

Retração

Acontece que surgiu um problema inesperado. É que diante da divulgação da oferta da artista, nas semanas seguintes as doações rotineiras à instituição despencaram, como se todas as suas permanentes necessidades de ajuda estivessem plenamente atendidas. E não é o caso.

Caminho de volta

Que as empresas e pessoas retomem a contribuição habitual ao ´São Vicente´, afinal de contas nunca faltam demandas para a genuína filantropia.

Como dizia o filósofo romano Sêneca, “o prêmio de uma boa ação é tê-la praticado”.

Quase todos os aliados acham que o ´mago´ vai às urnas em 2018...
Simple Share Buttons