Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

segunda-feira, 26/02/2018

Quem dá mais?

Tudo 0800

Conforme a revista Veja, a CBF fez um convite irrecusável para os 27 presidentes de federação. Com direito a acompanhante, estão todos convidados para a primeira fase da Copa da Rússia.

Passagens, hotéis e traslados estão incluídos. Por baixo, a brincadeira vai sair em torno de 3 milhões de reais.

 

Eleitores

A publicação lembra que todos os convidados votam para a presidência da CBF, eleição que será realizada, no máximo, até abril do ano que vem, mas que pode ser antecipada em função da Copa.

Quem sabe…

Talvez mude os rumos da sucessão estadual um telefonema recentemente trocado entre o secretário de Planejamento do Estado, Waldson Souza, e Lucélio Cartaxo, irmão do prefeito pessoense Luciano Cartaxo.

Bens…

O juiz Sergio Moro determinou que sejam leiloados imóveis do ex-ministro José Dirceu (PT) confiscados na Operação Lava Jato.

O leilão ocorrerá no dia 26 de abril.

… À venda

Conforme a revista Época, os imóveis estão avaliados em R$ 11 milhões.

Quarteto

Os deputados Ricardo Barbosa (PSB), Ricardo Marcelo (MDB), Estela Bezerra (PSB) e Arthur Cunha Lima Filho (PRTB) ainda não apareceram este ano nas sessões ordinárias da Assembleia Legislativa.

Nunca antes

Líder do governo na Câmara Federal, o deputado paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP) disse que o governo Temer teve “coragem de enfrentar temas antes nunca enfrentados”.

Desapontamento

Quem orbita o PP na Paraíba – leia-se família Ribeiro – já sentiu o ´mau humor´ do clã com relação à sucessão estadual e à provável não concretização do retorno de Enivaldo Ribeiro à prefeitura campinense, algo que teria que passar pela candidatura a governador do prefeito Romero Rodrigues (PSDB).

´Flerte´

O competente e ex-apresentador global William Waack está em conversações para atuar na (Rede) TV Cultura de São Paulo e apresentar o consagrado programa ´Roda Viva´ (nas segundas-feiras, às 22h15).

Garimpo

Ainda sobre o referido jornalista, há alguns dias ele escreveu um artigo sobre o episódio que resultou no seu desligamento da Rede Globo: acusação de discriminação racial.

Alguns trechos reproduzo a seguir.

É fato

“Sim, existe racismo no Brasil, ao contrário do que alguns pretendem. Sim, em razão da cor da pele, pessoas sofrem discriminações, têm menos oportunidades, são maltratadas e têm de suportar humilhações e perseguições.

Trajetória

“Durante toda a minha vida, combati intolerância de qualquer tipo – racial, inclusive -, e minha vida profissional e pessoal é prova eloquente disso.

Pressão

“Empresas da dita ´mídia tradicional´ julgam que ceder à gritaria dos grupos organizados ajuda a proteger a própria imagem institucional (…) Por falta de visão estratégica ou covardia, ou ambas, tornam-se reféns das redes mobilizadas.

Equívoco

“Admito, sim, que piadas podem ser a manifestação irrefletida de um histórico de discriminação e exclusão. Mas constitui um erro grave tomar um gracejo circunstanciado, ainda que infeliz, como expressão de um pensamento.

Carreira

“Termino com um saber consagrado: um homem se conhece por sua obra, assim como se conhece a árvore por seu fruto. Tenho 48 anos de profissão. Não haverá gritaria organizada e oportunismo covarde capazes de mudar essa história: não sou racista. Tenho como prova a minha obra, os meus frutos. Eles são a minha verdade e a verdade do que produzi até aqui”.

Play

O Sistema Correio de Comunicação pretende, nos próximos 90 dias, colocar em funcionamento, de forma permanente, a TV Maior, emissora que tem como um dos cotistas Diogo Cunha Lima, um dos filhos do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

O detalhe

Nas instalações da TV funcionarão todos os veículos do ´Correio´ na cidade.

Da boca de…

“… Nosso pré-candidato (a governador), João Azevedo, é o grande baluarte da gestão de Ricardo Coutinho. Quando a população começar a comparar aquilo que foi feito vai perceber que essa gestão mudou completamente a Paraíba, e não podemos mais ter retrocesso. João é o nome que representa a continuidade desse projeto exitoso que mudou a Paraíba…” (deputado Gervásio Maia, presidente da Assembleia Legislativa).

Camaradagem

“Não foi nada com confusão nem com briga. Assumi amigavelmente”.

Foi o que disse o suplente de vereador Miguel de Castro Ramos Neto, que assumiu a comissão municipal provisória do PSDC em Campina, sucedendo a Ronaldo Menezes.

Todos à mesa

Miguel (que teve 1.782 votos na eleição de 2016) anunciou que vai se reunir nos próximos dias com os quatro vereadores da legenda e tentar estancar a (especulada) debandada para outros partidos.

Tirar do ninho

O novo dirigente partidário – que tem como vice-presidente Raimundo Asfora Neto – informou que fez um convite para que o deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB) se filie ao PSDC.

“Vamos ventilar o partido”, avisou Miguel.

Como é?

A Universidade de Brasília (UnB) vai oferecer um curso a respeito do “golpe de 2016 e o futuro da democracia no Brasil”.

Caça aos…

Reportagem publicada no final de semana, no jornal Folha de São Paulo, aborda as transações ´pouco republicanas´ para a eventual troca de partidos de parlamentares federais.

… Cooptáveis

A intenção é indisfarçável: fortalecer as bancadas de olho nos bilionários recursos dos fundos partidário (quase R$ 900 milhões) e eleitoral (R$ 1,7 bilhão).

´Janela´

De 8 de março a 6 de abril será aberto um período em que os parlamentares poderão trocar de partidos sem risco de perder o mandato por infidelidade.

Cotação milionária

“Não tem ideologia, é tudo dinheiro”, disse um deputado ao jornal.

O “passe” na Câmara vem sendo negociado por valores que variam de R$ 1 milhão a R$ 2,5 milhões.

Estão mirando os ´prefeitos´ do deputado ´coração´...
Simple Share Buttons