Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 16/11/2017

Partidos ameaçados de ´degola´

Aposentadoria mais demora

O governo federal estuda elevar para 44 anos (atualmente são 35 anos) a contribuição previdenciária para o trabalhador receber o valor máximo do benefício.

A proposta já está em discussão com parlamentares, noticiou o jornal Folha de São Paulo.

Na Serra

O economista Paulo Rabello de Castro, presidente do poderoso BNDES, fará uma palestra na próxima segunda-feira, em Campina Grande – 10h -, no Teatro Facisa, bairro do Catolé.

Remanejamento

O empresário Luiz Alberto Leite, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico da PMCG, assumiu o cargo de secretário adjunto de Cultura.

Da boca de…

“… Há um clima no Parlamento, com apoio do Poder Executivo, de frear as investigações da Lava-Jato e, se possível, colocar em xeque os resultados por ela obtidos até agora. Este é o clima predominante. Depois da manutenção do mandato do senador Aécio Neves e da rejeição da denúncia contra Temer, esse movimento ganhou mais força…” (deputado Alessandro Molon, do Rede-RJ).

Mudança

O Sine em Campina Grande passará a funcionar, em breve, nas instalações do antigo Museu Vivo de Ciência, no Largo do Açude Novo.

O desejado

De acordo com o jornal O Globo, o presidente Michel Temer pode levar o médico David Uip, atual secretário de Saúde de São Paulo, para o Ministério da Saúde, no lugar de Ricardo Barros (PP).

Alienação

O governo estadual cogita vender o prédio onde funcionou a Secretaria de Interiorização/Escritório de Representação, localizado no bairro Estação velha.

Interdição

O imóvel foi recentemente interditado pela Defesa Civil e todos os órgãos estaduais que funcionavam no local foram remanejados para outros imóveis.

A dúvida

Algo a ver com a construção de três torres na vizinhança do prédio do Estado?

O ´padrinho´

O jornalista Kennedy Alencar (UOL) divulgou em seu blog que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é o grande incentivador da entrada do apresentador de TV Luciano Huck na política.

Da boca de…

“… O discurso mais eloquente foi o de José Maranhão. Com o discurso dele, poderíamos até ter encerrado a convenção…” (prefeito Romero Rodrigues sobre a convenção do PSDB, no final de semana passado).

Só lembrando

Na sua fala, Zé afirmou que “estou aqui para dizer que já perdemos muito tempo com nossas divergências”.

Sondados

Os deputados Antonio Imbassahy (PSDB-BA), ministro da Secretaria Geral de Governo Temer, e Bruno Araújo (PSDB-PE), ex-ministro das Cidades, estão sendo assediados para se filiarem ao PMDB.

 

Acolhida

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, deferiu liminar em um mandado de segurança para suspender decisão do Conselho Nacional do Ministério Público que determinou a abertura de ação civil para perda de cargo da promotora de justiça Ismânia do Nascimento Rodrigues Pessoa, por envolvimento em atividade político-partidária na Paraíba e pela suposta prática de crime eleitoral.

Tempo incorreto

Conforme o texto oficial divulgado pela assessoria do STF, o ministro da Corte entendeu que a ação civil para perda do cargo só pode ser ajuizada após o trânsito em julgado de condenação penal, o que não aconteceu no caso concreto.

TCE

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro André Carlo Torres Pontes, vai apresentar amanhã (8h) à imprensa “o potencial de pautas que existem no banco de dados do Tribunal e as novas ferramentas digitais de acompanhamento de gestão”.

Da boca de…

“… A recente portaria do ministro do Trabalho que mudou o conceito do trabalho escravo implica em retrocesso, exatamente como escrevi no ofício que encaminhei ao ministro do Trabalho, em que digo que não podemos admitir retrocesso no conceito de trabalho escravo…” (Raquel Dodge, procuradora geral da República).

Punição

Um grupo de três juristas, liderado pelo advogado Modesto Souza Barros Carvalhosa, entrou com um pedido no Tribunal Superior Eleitoral para a abertura de processo de cancelamento do registro de nove partidos, sob a acusação de que as siglas abandonaram os “princípios republicanos, democráticos e constitucionais para abraçar o crime organizado”.

Alvos

O pedido mira o PT, PMDB, PP, PROS, PRB, PC do B, PDT, PR e PSD, agremiações que, na visão dos juristas, “abusaram da confiança do povo brasileiro para roubá-lo”, tendo cometido “inúmeros e repetidos crimes de lesa Pátria”.

Conluio
“Os partidos políticos se organizaram em forte disciplina para assaltar os cofres públicos. Instituíram surpreendente estrutura criminosa, com subordinação, hierarquia de comando, divisão de tarefas e repartição do produto do crime”, acusam os juristas, conforme reportagem do jornal O Estado de São Paulo.

Petição

O grupo pede que as nove siglas sejam impedidas de participar do processo eleitoral, tenham os repasses do Fundo Partidário suspensos e sejam impedidas de terem acesso ao rádio e à televisão.

 ´Assalto´

“Valeram-se da condição de partido político e dos direitos decorrentes do registro dos seus estatutos sociais (…) para, em organização criminosa, tomar de assalto os cofres públicos”, assinala outro trecho do documento protocolado no TSE.

Saque ao erário público

“Esses partidos são organizações criminosas que desviaram recursos da Petrobras e outras estatais e agora vão receber R$ 2 bilhões de um fundo público. Como não podem pegar mais dinheiro da Petrobras, vão assaltar o Tesouro Nacional e se apropriar do dinheiro do fundo”, bradou Carvalhosa.

No ´pior dos cenários´ para ele, Romero ainda indicaria o candidato a vice-governador...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube